Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Esperança e persistência pela vacina Meningo B

Informação oficial do Sesi é de que o lote de vacinas esgotou, mas a fila segue com centenas de pessoas
Arthur Lessa
Por Arthur Lessa Criciúma, SC, 04/10/2019 - 12:01Atualizado em 04/10/2019 - 12:04
(foto: Arthur Lessa / 4oito)
(foto: Arthur Lessa / 4oito)

Centenas de pais, mães e crianças continuam de plantão em frente à clínica do Sesi da rua Marechal Deodoro da Fonseca, no Centro de Criciúma, esperando por uma possível dose da vacina contra a bactéria Meningo B, que causa meningite e meningococcemia, doenças que vitimaram duas crianças nos últimos dias e acionaram o alerta na Região Carbonífera.

A palavra da vez é esperança, e a atitude é a persistencia, já que segue garoando e os próprios responsáveis pela organização das senhas afirmam que a chance de que surjam novas senhas é mínima. Já foram distribuidas 255 senhas, além de crianças que foram vacinas antes dessa distribuição. A própria direção do Sesi já enviou, pouco depois das 11h da manhã desta sexta-feira ,4, a informação de que o lote de 300 doses disponibilizadas estava esgotado.

Reclamações

Além da espera comum em situações como estas, e do próprio custo de R$ 530 da dose, muitos presentes reclamam de outros problemas como pais furando a fila para conseguir a senha e alguns pegando senha para crianças que não estavam presentes.