Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Empresas Icon cresceram mais de 60% nos últimos 15 meses

Ronaldo e Alexandre Freitas participaram do Nomes & Marcas deste sábado, dia 18
Por Geórgia Gava Criciúma, SC, 18/06/2022 - 12:50 Atualizado em 18/06/2022 - 16:21
Foto: Eliel Jesus/ 4oito
Foto: Eliel Jesus/ 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O empresariado está no sangue da família. E a trajetória de sucesso alcançada por ela, foi evidenciada neste sábado, dia 18, no Nomes & Marcas. Adelor Lessa recebeu pai e filho, Ronaldo e Alexandre Freitas, para um bate-papo sobre a história e ascensão das Empresas Icon. 

"Lá atrás, a grande máquina de Criciúma eram as minas de carvão e também eram, do Grupo Diomício Freitas, a principal atividade. Meu avô, pai e filhos perceberam que o carvão iria perder força e precisavam encontrar um novo negócio que pudesse dar uma vida maior ao grupo no futuro. Por dois anos, eles pesquisaram, trabalharam e viajaram, até decidirem botar uma cerâmica", explica o empresário Ronaldo, filho de Hilário Freitas (in memorian). 

Ouça o podcast com a entrevista completa de Ronaldo e Alexandre Freitas:

O Grupo reúne as marcas Icon Matrizes e Moldes; IconMaq – Soluções Industriais; Tron Brasil – Soluções em Transportes e Recanto Xanahi. A Icon Matrizes e Moldes, com sede em Criciúma, possui filiais em Tubarão (SC), Rio Claro (SP), Conde (PB) e na Argentina. 

"As Empresas Icon estão divididas, primariamente, tirando os negócios menores que ela também faz, em dois grandes pilares, que são os moldes - hoje, a empresa é líder no Brasil e na América Latina na produção de moldes para a cerâmica -, e, do outro lado, temos as máquinas e equipamentos para indústria pesada em geral", enfatiza Alexandre Freitas.

Nos últimos 15 meses, a empresa cresceu cerca de 60% ao ano. "Preocupados, sempre fomos. Uma empresa de 50 anos, ela age com passos muito seguros. O meu pai, nosso presidente, sempre foi muito seguro, mas, até na pandemia, demos passos muito fortes, em relação à diminuição de alguns cargos. Cortamos um pouco da carne para esperar o que viria, mas, na realidade, teve 'boom' industrial, proporcionado por diversos fatores, mas, entre eles, a cadeia de fornecimento. À medida que as empresas ficaram um, dois, três meses paradas, depois veio o serviço em dobro. Para nós, também foi assim", finaliza Alexandre. 

No mês de maio, as Empresas Icon completaram 50 anos de fundação. Em Criciúma, o grupo tem grande representatividade; foram mais de R$ 8,5 milhões em retorno de ICMS nos últimos 15 anos, ocupando os primeiros lugares no ranking de arrecadação das empresas do mesmo segmento e quase R$ 9 milhões de retorno em ISS para a cidade. 

 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito