Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

É preciso pensar o futuro da região em longo prazo, diz presidente do Forcri

Entidade participará de Fórum Criciúma do Amanhã. Evento acontece nesta terça-feira
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 23/07/2018 - 09:27Atualizado em 23/07/2018 - 09:51

Acontece nesta terça-feira (23), a partir das 7h30, o Fórum Criciúma do Amanhã para debater o futuro da cidade e da região nos próximos dez anos. O evento acontece no Auditório Ruy Hülse, na Unesc. O Fórum das Entidades de Criciúma (Forcri) já trata destas questões há algum tempo e participará amanhã do evento.

“O Forcri é uma entidade criada há quatros anos e é hoje representado pela Acic, CDL, Rotary, Lions e Somarsul. Essas entidades se reúnem mensalmente para discutir as questões relativas a cidade e ações em diversas áreas como saúde, educação e segurança. Já vimos, há uns três anos, que a questão de desenvolvimento é fundamental. E aí, olhando o que já tinha sido feito pela Acic, isso foi para o Governo e as coisas não evoluíram acima deste plano de longo prazo. E é necessário pensar em longo prazo. Então fomos discutir e vimos a necessidade de pensar Criciúma num plano 2040 e fomos atrás de parceiros”, contou Fernando Zancan, presidente do Forcri.

Zancan ressalta que não basta discutir o futuro da cidade de Criciúma, mas de toda a região. “Temos a logística pronta, só falta a ferrovia litorânea. A infraestrutura já está funcionando. Agora, o que é preciso para alavancar? Aí é preciso ver as tendências. Tudo tem que ser feito de forma organizada”, afirmou.