Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Deputados estaduais emitem nota de apoio a Lucas Esmeraldino

Manifestação veio um dia depois de documento assinado por quatro federais pedindo a destituição
Por Francieli Oliveira Criciúma, SC, 11/01/2019 - 07:26
Divulgação
Divulgação

Os desentendimentos internos no PSL de Santa Catarina renderam um novo capítulo com uma nota emitida pelos seis deputados estaduais em favor do presidente da sigla, Lucas Esmeraldino. O apoio veio um dia depois de um documento, assinado por três dos quatro deputados federais, ser encaminhado à Executiva nacional solicitando a destituição da comissão provisória no estado.

A nota é assinada por Ricardo Alba, Ana Caroline Compagnolo, Coronel Mocollin, Felipe Estevão, Jessé Lopes e Sargento Lima. Os deputados estaduais evidenciam o trabalho realizado por Esmeraldino no processo de montagem e condução da sigla que resultou na eleição de quatro deputados federais, seis representantes na Assembleia Legislativa, do governador Carlos Moisés da Silva e pelo grande número de votos em Jair Bolsonaro.

Eles colocam ainda que a decisão de conduzir Esmeraldino à presidência em Santa Catarina foi da Executiva nacional.

O deputado estadual eleito por Criciúma, Jessé Lopes, se posicionou sobre o fato. “Se tem uma coisa que me orgulho ter, é lealdade e dignidade. Em março, assumi um compromisso com o Lucas Esmeraldino para ajudá-lo na condução do PSL. Em maio, assumi um compromisso com Daniel Freitas, de ‘andarmos junto’ nos trabalhos eleitorais e posteriormente legislativos. Continuo com o mesmo compromisso com ambos, independentemente do resultado dessa disputa entre eles. Aos simpatizantes do PSL, peço-lhes paciência. Continuamos focados nas diretrizes estatutárias e ideológicas. Nada muda, muito menos para o eleitor”, relatou.

Várias manifestações

A nota dos deputados federais solicitando uma nova comissão provisória gerou ainda outros manifestações. O grupo Direta Tubarão, cidade de Esmeraldino, se manifestou contrário à maneira em que o partido vem sendo conduzido. Eles pedem a homologação das executivas municipais, que no momento são provisórias. Lembraram ainda que compactuam com o grupo Direita Araranguá, os primeiros a emitirem nota solicitando mudanças na condução do PSL.

As notas de apoio ou repúdio ao presidente do PSL se espalharam pelo estado. Esmeraldino, porém, não se posicionou. Aguarda o melhor momento para falar sobre o assunto.