Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

De hospital referência a asilo: Criciúma dá um novo destino à Casa de Saúde do Rio Maina

Espaço deve ser transformado em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos
Por Stefanie Machado Criciúma, SC, 05/08/2022 - 12:00 Atualizado em 05/08/2022 - 12:02
Foto: Arquivo/4oito
Foto: Arquivo/4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

O Governo de Criciúma desistiu de transformar o Hospital Santo Agostinho do Rio Maina em um local referência na área de oftalmologia e dará um novo destino ao espaço. Agora, está nos planos do Município criar uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI).

Conforme o secretário de Assistência Social de Criciúma, Bruno Ferreira, o projeto é ainda embrionário. "O próximo passo é trabalhar na estrutura para adequar o espaço a uma Instituição de Longa Permanência para Idosos. Depois, vamos fazer o chamamento público para contratar a empresa que vai administrar o local", explica.

Assim, serão oferecidos serviços como fisioterapia e atendimentos psicológicos à terceira idade no ILPI. 

No passado, a estrutura abrigava a Casa de Saúde, em que eram atendidas pessoas com transtornos mentais. Nos momentos mais críticos da pandemia, se tornou o Centro de Tratamento Retaguarda da Covid-19. Depois, passou a ser utilizado para tratar pacientes que necessitavam de reabilitação devido às sequelas da doença.

Além disso, nas últimos meses, a Administração Municipal chegou a cogitar transformar o local no Hospital Santo Agostinho, referência na área de oftalmologia e outras especialidades que a cidade apresentava carência. Também estavam planejadas salas de cirurgias e atendimento 24 horas.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito