Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Da Santa Bárbara para o Big Brother

Alan Possamai, de Criciúma, está confinado no Rio de Janeiro para o reality da Rede Globo
Por Émerson Justo Criciúma, SC, 10/01/2019 - 09:25
Reprodução
Reprodução

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Ao melhor estilo do amor e ódio que desperta um reality show, Alan Possamai já está causando antes mesmo de entrar em ação no Big Brother Brasil (BBB) 2019. O administrador e empresário criciumense foi o primeiro dos nomes de participantes anunciado ontem pela Rede Globo para a atração que passará a contar com transmissão nacional a partir do dia 15.

Morador do bairro Santa Bárbara, Alan tem 26 anos. No seu vídeo de apresentação para o programa, anunciou: “Sou micro-empreendedor, tenho uma empresa de produtos de carro. Eu moro com minha mãe, com minha irmã e quatro cachorros. Sou mais de esporte que dá noite. Faço natação, faço yoga e final de semana estou sempre indo para a praia, surfando”.

Para própria família foi uma grande surpresa a partida de Alan para o confinamento no Rio de Janeiro. “Ainda não caiu a ficha, estou um pouquinho nervosa. Foi a primeira vez que ele se inscreveu, do nada, se inscreveu e chamaram”, contou a irmã, Juliana Possamai, em entrevista ao Programa Ponto a Ponto na Rádio Som Maior ontem à tarde. “Ele estava tentando entrar, mas conseguir foi a grande novidade”, confirmou Júlia Possamai, prima de Alan.

Confidencialidade respeitada

A primeira etapa da inscrição veio sem que ninguém de fato soubesse por aqui. Ele confidenciou aos familiares quando chegou na segunda rodada, mas sem muitos detalhes. Teve que ir a Porto Alegre para vencer a etapa. “Dali em diante ele estava muito confiante, mas mesmo assim não contou para ninguém. É bem sigilo mesmo, nem para mim ele contava. Se vazar é eliminado”, destacou Juliana. O confinamento, em um hotel na capital fluminense, começou no domingo com os demais participantes. Ele vai permanecer no local até a entrada na casa vigiada do programa.

“Tem bastante gente me chamando para falar sobre ele. Está todo mundo bem feliz, torcendo bastante, esperamos que ele consiga ganhar”, ressaltou a prima Júlia.

Brother extrovertido. E o racismo?

Tão logo houve o anúncio, as redes sociais viraram referência para busca de informações sobre o criciumense do BBB. E no microblog Twitter uma postagem de março de 2012 causou grande repercussão: “Vejo um preto na rua e já me afasto com medo”. O possível conteúdo racista logo multiplicou-se e foi associado a Alan, por ser o autor da frase. Mas, ele é racista?

“Não, não, nem um pouco”, garantiu Verônica Michels, ex-namorada de Alan, que se relacionou com ele por três anos, de 2011 a 2014. “Quando ele estava comigo não tenho nada a dizer sobre isso”, pontuou.

Um brother extrovertido

A prima Júlia conta que o participante é bem extrovertido e gosta de festejar, mas também de ficar com a família. “É bem solto, gosta muito de praia, lá em casa é sítio, às vezes gosta de ir para lá também. Eu fui criada com ele desde pequena, na casa dos nossos avós e pais, éramos muito apegados”, relatou. Para ela, como Alan costuma fazer amizades com facilidade, deve se dar bem no reality show.

A irmã Juliana revelou que ele não consegue mudar sua personalidade. Então, acredita que assim será na casa do BBB. “Como é um cara bem carismático, vai trazer bastante público para perto. Acredito que vai ser um pouco na dele também, claro que vai festar, se tiver oportunidade de ficar com alguma menina, vai ficar, mas acima de tudo é muito honesto, então acho que ele não vai ficar de panelinha”, supõe Juliana.

Em uma das breves entrevistas de apresentação ontem exibidas na Rede Globo, Alan antecipou um pouco da estratégia. “Vou tentar jogar sozinho. Mas no final, dependendo de como for, terei que me juntar. Eu já estou pensando no prêmio”, ressaltou. A premiação para a temporada é de R$ 2 milhões.

Irmã confirma, ele é mulherengo

Segundo Juliana, o irmão é sim bastante próximo das mulheres. Entretanto, espera que ele se comporte. “Está solteiro, tá tudo liberado, pode pegar geral, mas espero que ele jogue bem certinho”, afirmou. A prima emendou. “Muito bom de papo. Ele é da festa, já fui no Carnaval de Inverno com ele, já apresentei umas amigas para ele”, revelou Júlia.

Apesar da característica, a ex-namorada Verônica conta que o temperamento dele era outro no passado. “Durante o namoro nunca aconteceu absolutamente nada. Não tenho nada para reclamar. Essa parte do mulherengo foi depois do nosso namoro, mas na época tínhamos 18 anos, éramos bem jovens”, contou.

Verônica e Alan se conheceram na época pelas redes sociais e se encontravam em festas em Criciúma. “A gente não manteve o mesmo contato depois, mais pelos amigos em comum. Depois que terminou o namoro eu mantive a amizade com a irmã dele e amigas. Hoje eu vejo com maior carinho, principalmente pela mãe dele, se encontro paro para cumprimentar e conversar, mas não de falar pelo WhatsApp”, afirmou.

A ex-namorada diz que não sabia do interesse de Alan em participar do BBB, mas que é uma pessoa determinada. Ela não sabe se vai assistir o programa, mas torcerá por ele, apenas por ser de Criciúma. “Eu torço por ele porque é uma pessoa da cidade, quando tem alguém de Santa Catarina a gente acaba torcendo. Eu não tenho muito costume de assistir o programa e estou numa época de bastante trabalho, então não sei se vou assistir também, depende também da minha carga horária”, ponderou.

Uma celebridade repentina

Com o anúncio da participação do criciumense no reality show, e por ser a única ex-namorada de Alan, Verônica confirmou que vem recebendo muitos telefonemas da imprensa de todo o país nas últimas horas. “Tem bastante gente me procurando, jornais me ligando. Eu estou um pouco incomodada, porque eu nunca passei por isso, eu sou bastante discreta e estou bastante chocada”. Porém, ela acredita que o assédio vai diminuir nos próximos dias.

Apesar da incomodação, Verônica diz que seu relacionamento atual não foi interferido. “Meu namorado está super bem, a gente já conversou. Como faz muito tempo isso, e a gente namora há bastante tempo, tem bastante planos, não atrapalhou”. 

A perda do pai

Alan abriu uma empresa que comercializa aromatizantes para automóveis junto com seu pai. Porém, teve que assumir todo o negócio após a morte dele em 2016, em decorrência de uma hepatite C. “Não estava mais com ele na época, mas eu fui no velório, pela irmã dele e pela mãe. Ele ficou muito abalado”, lembrou a ex-namorada Verônica. “Já perdemos os avós também, então, foi muito triste para ele”, completou a prima.

Avalanche nas redes

Da mesma forma que houve um assédio repentino aos parentes e pessoas próximas da vida de Alan, as redes sociais dele ganharam super popularidade em questão de horas. Foram milhares que passaram a segui-lo somente por conta do anúncio da Rede Globo. Enquanto o participante estiver no reality show, Juliana e uma amiga ficaram encarregadas de atualizar as redes do brother.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito