Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Criciúma recebe Badin, o Colono, no próximo fim de semana

O humorista, natural de Rio Grande do Sul, interpreta o cotidiano de alguém que veio do interior
Por Giovana Bordignon Criciúma, SC, 23/07/2022 - 14:16 Atualizado em 23/07/2022 - 14:18
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Para entreter a colonada de Criciúma e região, o Badin chega no município trazendo um show cheio de humor e diversão. No próximo fim de semana, no Teatro Elias Angeloni tem @badincolono com participação da dona Maria às 18h e sessão extra às 20h do domingo (31).

A temática do Stand Up é voltada para o cotidiano de alguém que veio do interior, com tom familiar. O colono de Eduardo envereda, mais especificamente, com os imigrantes italianos. Ele interpreta Badin apresentando o cotidiano comum ao colono – bailes do interior, aniversário na colônia, feiras, colheita – e também lidando com situações mais modernas, como mãe no WhatsApp e confusões com senha do Facebook.

O humorista gaúcho apresenta uma pessoa querida, que tem aquele jeito de falar alto, de sempre ser receptivo e ajudar o vizinho quando está com dificuldade. Quando mata um porco, leva a carne para os outros. O Badin tenta trazer essa ingenuidade que tem no personagem do colono, a alegria de viver no campo.

De onde surgiu a ideia

Surgiu no mês de outubro de 2015, com um áudio cômico de Whatsapp, falando sobre situações e lugares da cidade de Erechim (RS), onde o criador do personagem, Eduardo Gustavo Christ, residia no momento.

Eduardo, na época com 23 anos, trabalhava como engenheiro mecânico de desenvolvimento numa empresa de carrocerias de ônibus na cidade. Uma rádio da cidade executou ao vivo esse áudio e Eduardo ligou, se identificou e ficou 7 minutos ao vivo conversando com o pessoal da rádio.

O humorista tinha em mente apenas o nome do personagem, que era um sobrenome italiano, sendo assim, muitas características do Badin foram criadas na hora. Depois disso, Eduardo reuniu-se com a rádio e decidiram iniciar um programa de humor.

Em poucos meses o programa se tornou líder de audiência na região. Iniciaram-se alguns vídeos encenando piadas também. Depois de quatro meses de programa, ele foi convidado a ir contar piadas ao CRAS de Erechim, foi e se sentiu muito bem ali, levando sorrisos e entretendo o povo. Então decidiu que queria investir na carreira em cima dos palcos.

A partir daí as coisas só evoluíram, Badin se apresentou em diversas cidades do Brasil. Iniciaram-se também os vídeos comerciais, em que, de uma forma descontraída, fazia propaganda de empresas.

Hoje Eduardo se dedica inteiramente à vida artística. Mais de 3 milhões de seguidores no Facebook, 1,2 milhão no Instagram e 1,3 milhão no Tiktok. Somados já são mais de 2 bilhões.

Para adquirir ingressos para o show do Badin, acesse o site.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito