Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Com a Oi, a nova tecnologia da fibra óptica

Diretor de Vendas e Varejo da operadora contou, na Rádio Som Maior, detalhes dos mais recentes investimentos
Sandy Brasil
Por Sandy Brasil Criciúma, SC, 23/09/2020 - 11:11Atualizado em 23/09/2020 - 11:12
Foto: Luana Mazzuchello / 4oito
Foto: Luana Mazzuchello / 4oito

A Oi, operadora de serviços de telecomunicações do Brasil, está inovando com a tecnologia da fibra para o lar (FTTH). "O País tem uma carência grande de uma rede de alta velocidade, há um ano e oito meses estamos traçando esse caminho, de trabalhar com o mais moderno", contou o diretor de Vendas e Varejo da região sul do Brasil, Giovani Cristiano da Silva, em entrevista ao programa 60 Minutos, na Rádio Som Maior.

A estrutura da nova tecnologia teve inicio em Criciúma no ano de 2020, e atualmente já são mais de 40 bairros cobertos com a fibra da Oi. "Pretendemos fechar o ano com o dobro da disponibilidade do que temos hoje, cerca de 13,5 mil endereços estão disponíveis para a contratação", confessou. "Vamos fechar o ano com cerca de 30 mil endereços disponíveis", sublinhou.

A nova tecnologia teve um investimento de R$ 115 milhões em Santa Catarina. "A modernização da rede foi de 40% a mais que o ano passado", lembrou o diretor. "Para o consumidor os investimentos que fizemos não terá custo nenhum, e não há custo de instalação da rede", destacou.

A garantia da pura fibra de 200 mega, conteúdos de canais e ligações sem custos é um plano de investimentos. Com a nova tecnologia do 5g prevista para o ano de 2021, a Oi está fortalecendo a sua estratégia. "É um reposicionamento da rede e dos serviços de mobilidade. Não acontecerá a quebra da operadora", finalizou.

Ouça a entrevista no podcast: