Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Cielo e Facebook prestam esclarecimentos ao BC para pagamento via WhatsApp

Banco Central bloqueou operação oito dias após anúncio do serviço
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC , 29/06/2020 - 15:08Atualizado em 29/06/2020 - 15:08
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Foi anunciado há praticamente duas semanas que o Facebook estaria em parceria com a Cielo para a consolidação de um serviço de pagamento através do próprio WhatsApp. Acontece que oito dias depois, enquanto o anúncio corria e gerava expectativas por parte de muitos, o Banco Central (BC) bloqueou a operação, exigindo o escalrecimento por parte da Cielo e do próprio Facebook.

Em entrevista ao Valor Econômico, o presdiente da Cielo, Paulo Caffarelli, explicou como que está o andamento desse processo que envolve o bloqueio da operação entre as duas entidades. "Tanto o BC quanto o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) tem total direito de solicitar informações adicionar para que possam realmente cumprir o seu papel e competência. Tanto a Cielo quanto o Facebook estão prestando todos os esclarecimentos ao Cade", declarou.

Caffarelli ressalta que nunca houve exclusividade da Cielo neste processo, e que  que as entidades aguardam as resoluções por parte do BC e do CADE para dar continuidade ao processo. "Temos que aguardar para que tanto o BC quanto o CADE estejam totalmente satisfeitos em relação a prestação de informações que estamos fazendo nesse momento", disse.

Segurança no pagamento 

Em relação a genuína segurança no pagamento através do WhatsApp, o presidente da Cielo destaca que o processo vem sendo trabalho dentro de um arranjo das bandeiras atuantes - as quais, no momento, são Master e Visa. "Nesse proceso todas as óticas de risco são observadas. Isso está dentro de qualquer situação de normalidade em relação ao processo", pontuou.

PIX

Um dos projetos já anunciados pelo Banco Central para novembro deste ano é o PIX: um sistema de pagamento e transferências digital sem restrição de horários ou dias do ano. Para o presidente da Cielo, o PIX surge para levar o Brasil a um patamar ainda maior de modernidade, sem competir com o setor tradicional de pagamentos.
"O PIX vai será a grande área de pagamentos, no nosso caso o WhatsApp é um pagamento a mais que já foi declarado pelo Facebook que estará conectado ao PIX. O que vai acontecer é que o PIX está facultadno tanto as instituições financeiras quanto de pagamento, e já estamos trabalhando em todo o nosso desenvolvimento tecnológico para novembro estarmos juntos com o PIX", afirmou.