Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Casamento coletivo vai contemplar 40 casais em vulnerabilidade social

Iniciativa é dos supermercados Angeloni, em parceria com a Secretaria de Assistência Social e Habitação
Redação
Por Redação Criciúma, SC, 22/10/2019 - 22:35
Divulgação
Divulgação

O sonho da vida matrimonial está prestes a se tornar realidade para 40 casais de Criciúma. O grupo Angeloni tem realizado casamentos comunitários por todo o estado de Santa Catarina e, neste ano, procurou a Secretaria de Assistência Social e Habitação para realizar a ação em sua cidade sede. A cerimônia irá ocorrer nessa sexta-feira, 25, às 14h, na loja Angeloni, localizada na Avenida Centenário, 2699.

"Faz oito anos que eu e o meu noivo estamos juntos. O casamento sempre foi uma vontade minha e dele, mas como temos filhos, outras prioridades foram surgindo. Agora que tivemos a oportunidade nós não pensamos duas vezes. Está sendo tudo muito emocionante", comenta a noiva Denise Santana Pereira.

Para a parceria, proposta pela rede de supermercados, a secretaria ficou responsável pela seleção dos casais, bem como a parte de documentações, cartório e lançamento de edital, enquanto a cedência do espaço e organização do evento ficou a cargo da rede. A ação é autorizada pela Lei Municipal n° 7.341 de 2018.  

"Sempre que a iniciativa privada procura a inciativa pública para uma parceria em prol da comunidade e da população já é uma vitória. Realizar o sonho de casais e proporcionar a oficialização do matrimônio de pessoas que já estão juntas há muito tempo e que não fizeram isso por falta de recurso financeiro ou por documentação, é uma satisfação muito grande", disse o secretário de Assistência Social e Habitação, Paulo César Bitencourt.

O evento contará com a presença de uma juíza de paz e um líder religioso, que fará uma benção ecumênica. Além disso, cada casal poderá levar seis convidados, sendo quatro deles testemunhas. A celebração conta ainda com arranjos, passarela, tapete vermelho, brinde e bolo para os casais. A estrutura será preparada para atender cerca de 500 pessoas, incluindo autoridades e pessoas envolvidas.