Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Caminhões escoltados pela PM ou defesa Civil não serão bloqueados

Polícia está escoltando caminhões com combustíveis e também da indústria
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 30/05/2018 - 11:32Atualizado em 30/05/2018 - 11:42
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

A Polícia Militar cumpre um papel estratégico e fundamental junto as demais forças de segurança para garantir o reabastecimento de postos de combustíveis. O momento é de fragilidade e desbloquear algumas vias é um trabalho difícil. Ontem foi firmado um acordo entre o Comitê de Gerenciamento de Crise da Regional de Criciúma e representantes dos caminhoneiros para garantir o transporte de combustíveis, mas este foi desfeito poucas horas depois.

“Uma operação que está em desenvolvimento, bastante complexa e que envolve várias regiões e um grupo de manifestantes. Queremos evitar o uso da força, mas se for necessário usaremos. Temos um ponto crítico em Imbituba. As tratativas já iniciaram. As ações de outras regiões impactarão aqui em Criciúma. Até porque os manifestantes estão em locais diferentes na nossa região. O que temos de tratativa é que os veículos escoltados pelas Polícia Militar ou com adesivo da Defesa Civil não serão parados. Estamos acompanhando todos os movimentos que vão impactar no abastecimento aqui”, explicou Evandro Fraga, comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar de Criciúma.