Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

BR-285 está 80% pronta em Timbé do Sul

Ministro da Infraestrutura visita a obra nesta segunda, e garante entrega total do trecho em dezembro
Denis Luciano
Por Denis Luciano Timbé do Sul, SC, 06/07/2020 - 12:56Atualizado em 06/07/2020 - 13:02
Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Vai de vento em popa a obra de pavimentação da BR-285 no trecho catarinense, entre Timbé do Sul e a divisa com o Rio Grande do Sul. O canteiro de obras será visitado, na tarde desta segunda-feira, 6, pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. Em ato na manhã desta segunda no Aeroporto Regional Sul em Jaguaruna, onde assinou o contrato de concessão da BR-101 Sul, Tarcísio comentou que "a obra da 285 está indo muito bem, é uma obra estratégica. Se a gente pegar o trecho da 285 no Rio Grande do Sul com esse de Santa Catarina, a gente forma um corredor de exportação do Rio Grande do Sul até o porto aqui do sul".

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou que a obra está 80% concluída. "A obra vai muito bem, em Santa Catarina falta muito pouco para concluir o contorno de Timbé, deve ser concluído em agosto ou setembro, daí faltam alguns quilômetros na Serra da Rocinha. A previsão é concluir esse trecho de Santa Catarina até dezembro", referiu o ministro. Até o fim de julho a execução do asfalto em trecho de 1,8 quilômetro no contorno de Timbé do Sul estará pronta. No contorno de Timbé do Sul, a sinalização horizontal já está sendo feita entre a Vila Belmiro e o pé da Serra, com acabamentos gerais no trecho. Os segmentos com ciclofaixas estão sendo demarcados, e esse ponto não custa com acostamento. 

Nos oito quilômetros já pavimentados da Serra da Rocinha, estão sendo posicionadas as barreiras New Jersey, estruturas de concreto que visam garantir maior segurança aos usuários. No topo da serra será iniciada a execução da sub-base de concreto compactado a rolo nos segmentos com a terraplenagem regularizada. Com 10 centímetros de espessura, esta camada antecede a colocação das placas de concreto de 22 centímetros, composição que corresponde ao chamado pavimento rígido. Em paralelo, avançam as atividades do projeto de contenção de encostas. Até o final de julho, também deve ser concluído o último viaduto em obras, de um total de quatro projetados para melhorar o raio das curvas mais sinuosas.

No Rio Grande do Sul

Com a conclusão do trecho catarinense, até dezembro, a dificuldade agora passa a ser a extensão da BR-285 no Rio Grande do Sul que ainda não tem asfalto. "No Rio Grande do Sul são oito quilômetros de pavimentação até São José dos Ausentes, estamos com tudo pronto, projeto de engenharia, edital de licitação, para colocar o edital na rua", comentou o ministro.

Tarcísio prometeu uma engenharia financeira para garantir os recursos necessários à próxima etapa. "Vamos fazer remanejamentos internos para conseguir recursos e fazer a licitação. Será uma contratação integrada, vamos ter um período de projeto executivo de engenharia para começar a obra, a ideia é que em 2021 já tenhamos a obra também do lado gaúcho, para formar esse grande corredor que integra, de fato, o nosso estado do Rio Grande do Sul ao sul de Santa Catarina", destacou.