Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Black Friday: varejo espera crescimento de 18% em relação a 2018

Faturamento esperado supera R$ 3 bilhões para o período
Redação
Por Redação Criciúma, SC, 22/11/2019 - 14:31
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Black Friday está chegando e já é possível perceber a movimentação do comércio para a data. Em 2019 a expectativa é de crescimento no faturamento por conta da liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e da primeira parcela do 13º salário. O varejo estima uma arrecadação maior que R$ 3 bilhões, o que de acordo com dados da Associação Brasileira de Lojistas de Shoppings (Alshop) é 18% maior que no ano anterior.

Segundo dados da pesquisa realizada pelo Google em parceria com a consultoria Provokers, neste ano o número de consumidores que pretendem comprar pela internet deve ser igual aos que têm intenção de adquirir produtos nas lojas físicas. “Com a diferenciação de preços e formas de pagamento, o varejo físico também se privilegia da data e aqueles que previamente conseguem se organizar e preparar para a promoção, vão tirar um aproveitamento comercial muito bom”, expõe a especialista em comportamento do consumidor, Lúcia Búrigo.

Com o fácil acesso a informação, o consumidor consegue pesquisar e acompanhar a movimentação do varejo antes e durante a promoção. “Os lojistas que aproveitam a data conseguem fazer a diferença durante todo o mês de novembro, com o aumento na movimentação das vendas essa oportunidade faz toda a diferença nesse período”, reforça a presidente da CDL de Criciúma, Andréa Gazola Salvalággio.

A Black Friday teve sua primeira edição no Brasil em 2010 e neste ano está marcada para a sexta-feira, 29 de novembro. Os produtos com maior intenção de compra são celulares (48%), computadores (38%), eletrodomésticos (36%), roupas (34%), calçados esportivos (32%) e perfumes (33%).