Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Benedet negocia com Meirelles aumento no preço do arroz

Valor está baixo devido às importações. Deputado solicitou reintegração de valores
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 06/02/2018 - 19:03Atualizado em 06/02/2018 - 19:05
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

O deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB) se reuniu na tarde desta terça-feira (6) com o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Entre os assuntos, o preço do arroz chamou atenção. Produtores de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul estão descontentes com os valores das sacas, que sofreram queda devido às importações.

“Nós estamos com grandes problemas com o preço do arroz muito baixo, por causa da importação do Paraguai, do Uruguai e da Argentina, gerando problemas no sul de Santa Catarina e interior do Rio Grande do Sul”, analisou Benedet.

Segundo o deputado, as ações para 2018 já foram tomadas. O arroz vindo do Paraguai custa R$ 30,00, baixando os preços comercializados no Brasil. Ele recomendou que os produtores segurem as vendas e esperem a readequação de preços.

“Ele (Henrique Meirelles) prometeu encaminhamento na política do Mercosul. O Brasil exporta mais do que importa, então o arroz acaba entrando como produto de importação, junto com leite e trigo. Pedimos que aja uma compensação em tributos, que pode ser chamada de reintegra nesses setores”, explicou o deputado.

Benedet é um dos representantes do arroz na Câmara Federal. A ideia é que com o aumento no preço, os protestos acabem.