Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Benedet negocia com Meirelles aumento no preço do arroz

Valor está baixo devido às importações. Deputado solicitou reintegração de valores
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 06/02/2018 - 19:03Atualizado em 06/02/2018 - 19:05
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

O deputado federal Ronaldo Benedet (PMDB) se reuniu na tarde desta terça-feira (6) com o Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Entre os assuntos, o preço do arroz chamou atenção. Produtores de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul estão descontentes com os valores das sacas, que sofreram queda devido às importações.

“Nós estamos com grandes problemas com o preço do arroz muito baixo, por causa da importação do Paraguai, do Uruguai e da Argentina, gerando problemas no sul de Santa Catarina e interior do Rio Grande do Sul”, analisou Benedet.

Segundo o deputado, as ações para 2018 já foram tomadas. O arroz vindo do Paraguai custa R$ 30,00, baixando os preços comercializados no Brasil. Ele recomendou que os produtores segurem as vendas e esperem a readequação de preços.

“Ele (Henrique Meirelles) prometeu encaminhamento na política do Mercosul. O Brasil exporta mais do que importa, então o arroz acaba entrando como produto de importação, junto com leite e trigo. Pedimos que aja uma compensação em tributos, que pode ser chamada de reintegra nesses setores”, explicou o deputado.

Benedet é um dos representantes do arroz na Câmara Federal. A ideia é que com o aumento no preço, os protestos acabem.