Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Bancos e lotéricas voltam na segunda. Outros serviços, na quarta que vem

Profissionais liberais estão liberados para retomar atividades no dia 1º. Festas, parques e praças não estão liberados
Por Marciano Bortolin Florianópolis, SC, 26/03/2020 - 19:07Atualizado em 26/03/2020 - 19:14
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na já tradicional entrevista coletiva online, o governador Carlos Moisés da Silva apresentou, nesta quinta-feira, 26, o Plano Estratégico para a Retomada das Atividades Econômicas em Santa Catarina. O documento inicia apresentando o objeto e a missão e trata, na sequência, o que permanece em quarentena e o que retornará. 

Para segunda-feira, ficam autorizados os funcionamentos, de forma parcial as agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito, exclusivamente para atendimento de pessoas que necessitem de serviços bancários presenciais. A partir de quarta-feira, 1º, as atividades e os serviços privados não essenciais, a exemplo de academias, shopping centers, bares, restaurantes e comércio em geral, atividades do setor hoteleiro, de construção civil, escritórios de prestação de serviços em geral e os centros de distribuição e depósitos.

A partir do dia 1º de abril, também ficam autorizadas totalmente os serviços autônomos, domésticos e os prestados por profissionais liberais. O plano estipula ainda uma série de regras a serem adotadas pelos estabelecimentos ao retornar ao funcionamento. 

O plano não libera parques, praças e a realização de festas. “Estas liberações que anunciamos dizem respeito à atividade econômica. Têm regras porquê queremos fazer isso com responsabilidade e com segurança aos catarinenses”, salientou o governador.

O transporte coletivo segue suspenso até o dia 8, e a educação continua inativa, conforme decreto anterior, até o dia 18 de abril.

Os reflexos econômicos, apontou o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, serão sentidos em abril. O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, ressaltou que, apesar da volta gradativa das atividades, é preciso manter os cuidados. “O Brasil está começando a progredir no coronavírus. Os EUA já passou a China no número de casos, então vimos a velocidade que esse vírus progride. Precisamos ter todos os cuidados”, citou.

Casos no estado

Antes de apresentar o plano, Moisés lamentou a primeira morte de um catarinense por coronavírus. Um homem de 86 anos, natural de Porto Belo, seguindo para a lista dos municípios e da quantidade de casos. Na listagem do Governo do Estado, Siderópolis possui dois casos, mas nesta quinta-feira, foram confirmados outros dois, somando quatro. “Estamos nos mantendo firmes neste isolamento. Esta semana é importante para o governo planejar as ações e se preparar para receber os doentes, o desafio pode ser maior que a nossa capacidade de resposta. Ficamos em casa, aqueles que podem ficar”, comentou o governador.

São 149 casos confirmados no estado, um crescimento de 25% na comparação com essa quarta-feira, 25. Além disso, são 325 suspeitos.

Moisés ainda comentou os diversos projetos de iniciativa dos deputados estaduais. “Todos os movimentos que os deputados fazem é para apoiar os catarinenses, acredito. Vamos analisar cada projeto com a equipe técnica do governo. Todas as ações estamos iniciando é no tempo adequado, inclusive essas de flexibilização das atividades. Agora as pessoas retomam com este alerta sobre o coronavírus”, citou.

O governador lembrou que Santa Catarina foi pioneira nas atitudes de mitigação da Covid-19. Vamos colher os frutos na medida do tempo”, finalizou Carlos Moisés.

Tags: coronavírus