Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS INFORMAÇÕES DAS ELEIÇÕES 2024!

Arraial leva alegria para crianças internadas no Hospital Unimed Criciúma

Festa teve direito a trajes juninos, bandeirinhas e até pescaria

Por Redação Criciúma, SC, 21/06/2024 - 17:09 Atualizado em 21/06/2024 - 17:12
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

A ala da Pediatria do Hospital Unimed Criciúma se transformou em um verdadeiro arraial junino nesta sexta-feira, dia 21. Com direito a roupas jeca, bandeirinhas e o famoso chapéu de palha, as crianças espalharam alegria pelos corredores da unidade.

A iniciativa foi idealizada pela equipe responsável pela Unidade de Internação Pediátrica, com o objetivo de proporcionar mais acolhimento às famílias e aos pequenos que estão internados na unidade. A intenção também é diminuir a tensão do ambiente hospitalar.

"Ver a garotada animada, com roupinha de festa junina, espalhando sorrisos pelos corredores, é realmente gratificante. É fundamental para nós proporcionar esse tipo de ambiente acolhedor e divertido, especialmente para as famílias e crianças que estão enfrentando períodos desafiadores de saúde. Esses momentos fazem toda a diferença na jornada delas aqui no hospital", enaltece o presidente do Grupo Unimed Criciúma, Leandro Avany Nunes.

Nos corredores da Pediatria, as profissionais montaram uma piscina de pescaria que garantiu muita diversão. Os olhos brilhavam quando as crianças se depararam com a brincadeira, todos queriam participar. Elas se concentravam para pescar e, quando finalmente conseguiam, um sorriso largo tomava conta do rosto. Como recompensa, ganharam um presente, o que os deixava ainda mais felizes.

Ao som de músicas tradicionais juninas, os pequenos pacientes puderam esquecer por alguns momentos os desafios da saúde. Para os familiares, ver eles envolvidos em momentos de alegria foi um alento no meio da rotina hospitalar.

Maria Laura Cascaes dos Reis, de 11 anos, está hospitalizada há 15 dias e foi uma das primeiras a chegar na festa junina. A avó, Marilda Felizardo, acompanhou a neta e gostou da iniciativa. "Com essa ação, ela saiu um pouco do quarto, deu uma passeada pelos corredores, viu outras pessoas também. Isso ajuda muito, pois acaba descontraindo, muito importante essa ação", frisa.

O clima festivo também contagiou os profissionais de saúde, que vestiram acessórios juninos e participaram das atividades, fortalecendo o espírito de solidariedade e proximidade com as famílias.

Colaboração: Caroline Sartori/Assessoria de Imprensa Unimed Criciúma

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito