Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS INFORMAÇÕES DAS ELEIÇÕES 2024!

Após chuvas da última semana, sete municípios da região decretaram situação de emergência

Previsão agora é de tempo estável, mas Defesa Civil se mantém alerta

Por Redação Criciúma, 20/05/2024 - 11:21 Atualizado em 20/05/2024 - 11:34
Foto: Defesa Civil de Passo de Torres/Arquivo
Foto: Defesa Civil de Passo de Torres/Arquivo

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Passo de Torres, Sombrio, São João do Sul, Balneário Gaivota, Jacinto Machado, Maracajá e Araranguá foram os municípios do Sul de Santa Catarina que decretaram situação de emergência após as chuvas ocorridas na última semana, conforme o último relatório emitido pela Defesa Civil estadual. A partir do fim de semana, a chuva avançou para outras regiões catarinenses, em especial no Alto Vale do Itajaí, o que resultou no município de Rio do Sul também decretando situação de emergência. No total, 24 cidades foram afetadas de alguma forma.

Por determinação do governador Jorginho Mello, o Centro Integrado de Operações (CIOP) foi ativado e começou a operar na manhã de domingo (19). “Determinei a ativação do Centro para monitorar a situação das chuvas e estarmos preparados para dar todo o suporte à população e aos municípios atingidos, com uma pronta resposta. Mesmo a previsão indicando melhora no tempo, continuamos atentos ao cenário”, explica o governador Jorginho Mello.

Por conta das chuvas do fim de semana, o estado registra ainda 117 desalojados e 654 desabrigados, sendo 483 só em Rio do Sul. O município teve vários bairros alagados e foi o primeiro a decretar situação de emergência.

Nas últimas 24 horas os maiores acumulados ficaram no Alto Vale e no Planalto Norte, com 73,7 milímetros em Witmarsum, 68,8 em Rio do Sul, 65,8 em Lontras e 64,6 em São Bento do Sul.

O que é o Ciop

O Ciop é uma instalação que fica dentro do Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd), que é utilizado especialmente em situações de emergência no estado. Para coordenar de forma integrada as ações de preparação e respostas das instituições de governo e agências do Grupo de Ações Coordenadas (Grac). Nesta instalação existem bancadas de trabalho , telões e uma mesa tática que são utilizadas, para prover condições de visão situacional, ou seja prover condição de observar e entender as ocorrências de momento e as previsões de cenários, para permitir o envio de recursos e o planejamento de ações futuras.

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito