Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Abadeus entrega selo para parceiros e fomenta ecossistema de inovação em Criciúma  

Encontro aconteceu no Centro de Inovação Social da entidade
Por Redação Criciúma, SC, 21/05/2022 - 21:18
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Após reunir cerca 200 pessoas no I Fórum Internacional de Inovação Social em Criciúma, a Associação Beneficente Abadeus promoveu nesta quinta-feira (18) um encontro para agradecer os parceiros e patrocinadores pelo apoio à iniciativa, que celebrou os 62 anos da instituição e o primeiro ano de implantação do Centro de Inovação Social (Cisa), pioneiro em Santa Catarina.  

"Nós só conseguimos realizar esse evento, com essa repercussão, porque tivemos parceiros incríveis que acreditam na proposta da Abadeus, que acreditam na inovação social e estão de coração aberto para juntos reduzirmos as desigualdades, fortalecer o S do ESG, trabalhando o social junto com o meio ambiente e governança, olhando para os setores públicos, privado, terceiro setor e comunidade de uma forma geral", declarou a diretora-executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro. 

 Na ocasião, os convidados receberam um Selo de Inovação Social. O material poderá ser utilizado pelas empresas e instituições durante um ano em todos os seus materiais gráficos. O objetivo é ressaltar os segmentos públicos e privados engajados com o desenvolvimento econômico e social da região.

Além disso, os homenageados puderam conhecer o projeto da Abadeus na área de robótica. Em Criciúma, por exemplo, são 15 turmas de crianças e adolescentes da rede municipal beneficiadas com as oficinas. O trabalho é desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Criciúma e a Satc.  

"Ser a cidade sede da Abadeus e também onde aconteceu o primeiro Fórum é muito importante para nós. Somos muito parceiros. Hoje, por exemplo, temos robótica nas escolas que proporciona todo esse conhecimento em tecnologia aos nossos estudantes", comentou o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da Prefeitura de Criciúma, Aldinei Potelecki.  

 

Segunda edição do evento já tem data marcada

Durante o encontro, as instituições e empresas também foram convidadas a participar da próxima edição do Fórum de Inovação Social, que acontecerá no dia 26 de abril de 2023. Além disso, puderam assistir a um vídeo com os melhores momentos da primeira edição, realizada no último dia 26, na Acic. O evento durou seis horas e reuniu painel com diversas lideranças, cases nacionais e internacionais direto de Portugal e Colômbia, além de uma palestra com o renomado Fábio Deboni. 

No fórum, ainda foi assinado o Protocolo de Apoio em prol da Inovação Social em Santa Catarina. O documento tem como objetivo trabalhar em conjunto no processo de criar, apoiar e implementar novas soluções para necessidades e problemas sociais, dissolvendo fronteiras e intermediando o diálogo entre os setores público, privado e o terceiro setor.   

"Esse ecossistema de inovação faz toda a diferença quando nós cooperamos juntos para reduzir a desigualdade de uma forma eficiente, eficaz e efetiva. Isso vai ser possível se olharmos para o futuro, fazendo com que a inovação social impacte e traga respostas para os desafios do século 21 que se tornou o um século desafiador, no estrito sentido dessa palavra", revelou Shirlei.  

Os apoiadores da primeira iniciativa foram Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação no Estado de Santa Catarina (Fapesc), Acic, Associação Brasileira de Recursos Humanos de Criciúma (ABRH), Rede Catarinense de Centros de Inovação, Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Centro de Inovação Regional de Criciúma (CRIO), Canguru, Imbralit, Prefeitura de Criciúma, Sicredi, Cristal Copos, Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), Satc, Unesc e Unisul.  

Abadeus entrega selo para parceiros e fomenta ecossistema de inovação em Criciúma  

 

Encontro aconteceu nessa quinta-feira (18), no Centro de Inovação Social da entidade

 

Após reunir cerca 200 pessoas no I Fórum Internacional de Inovação Social em Criciúma, a Associação Beneficente Abadeus promoveu nesta quinta-feira (18) um encontro para agradecer os parceiros e patrocinadores pelo apoio à iniciativa, que celebrou os 62 anos da instituição e o primeiro ano de implantação do Centro de Inovação Social (Cisa), pioneiro em Santa Catarina.  

"Nós só conseguimos realizar esse evento, com essa repercussão, porque tivemos parceiros incríveis que acreditam na proposta da Abadeus, que acreditam na inovação social e estão de coração aberto para juntos reduzirmos as desigualdades, fortalecer o S do ESG, trabalhando o social junto com o meio ambiente e governança, olhando para os setores públicos, privado, terceiro setor e comunidade de uma forma geral", declarou a diretora-executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro. 

 Na ocasião, os convidados receberam um Selo de Inovação Social. O material poderá ser utilizado pelas empresas e instituições durante um ano em todos os seus materiais gráficos. O objetivo é ressaltar os segmentos públicos e privados engajados com o desenvolvimento econômico e social da região.

Além disso, os homenageados puderam conhecer o projeto da Abadeus na área de robótica. Em Criciúma, por exemplo, são 15 turmas de crianças e adolescentes da rede municipal beneficiadas com as oficinas. O trabalho é desenvolvido em parceria com a Prefeitura de Criciúma e a Satc.  

"Ser a cidade sede da Abadeus e também onde aconteceu o primeiro Fórum é muito importante para nós. Somos muito parceiros. Hoje, por exemplo, temos robótica nas escolas que proporciona todo esse conhecimento em tecnologia aos nossos estudantes", comentou o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da Prefeitura de Criciúma, Aldinei Potelecki.  

 

Segunda edição do evento já tem data marcada

Durante o encontro, as instituições e empresas também foram convidadas a participar da próxima edição do Fórum de Inovação Social, que acontecerá no dia 26 de abril de 2023. Além disso, puderam assistir a um vídeo com os melhores momentos da primeira edição, realizada no último dia 26, na Acic. O evento durou seis horas e reuniu painel com diversas lideranças, cases nacionais e internacionais direto de Portugal e Colômbia, além de uma palestra com o renomado Fábio Deboni. 

No fórum, ainda foi assinado o Protocolo de Apoio em prol da Inovação Social em Santa Catarina. O documento tem como objetivo trabalhar em conjunto no processo de criar, apoiar e implementar novas soluções para necessidades e problemas sociais, dissolvendo fronteiras e intermediando o diálogo entre os setores público, privado e o terceiro setor.   

"Esse ecossistema de inovação faz toda a diferença quando nós cooperamos juntos para reduzir a desigualdade de uma forma eficiente, eficaz e efetiva. Isso vai ser possível se olharmos para o futuro, fazendo com que a inovação social impacte e traga respostas para os desafios do século 21 que se tornou o um século desafiador, no estrito sentido dessa palavra", revelou Shirlei.  

Os apoiadores da primeira iniciativa foram Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação no Estado de Santa Catarina (Fapesc), Acic, Associação Brasileira de Recursos Humanos de Criciúma (ABRH), Rede Catarinense de Centros de Inovação, Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Centro de Inovação Regional de Criciúma (CRIO), Canguru, Imbralit, Prefeitura de Criciúma, Sicredi, Cristal Copos, Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), Satc, Unesc e Unisul.  

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito