Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

A Tribuna leva o ouro em três categorias do Prêmio Acic

Jornal foi o melhor nas categorias Jornal Impresso, Fotografia e a Força da Indústria. Outras duas categorias também renderam troféu
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 12/12/2017 - 10:28Atualizado em 12/12/2017 - 18:26

O Jornal A Tribuna foi campeão em três categorias do Prêmio Acic de Jornalismo. Na 17ª edição, que teve cerimônia realizada na noite desta segunda-feira (11), o veículo recebeu primeiro lugar nas categorias Jornal Impresso, Fotografia e a Força da Indústria.

“Acho que a gente tem uma grande equipe e continua reafirmando isso. A equipe dá um trabalho maravilhosos para que a gente possa entregar todos os dias um jornal de qualidade feito por pessoas que gostam daquilo que estão fazendo. O Prêmio Acic de ontem veio para ratificar aquilo que a gente vem fazendo. É bom participar, mas é melhor ainda ganhar”, disse o diretor-geral do jornal A Tribuna, Dorvanil Vieira.

A jornalista Francieli Oliveira ficou em primeiro lugar nas categorias Jornal Impresso, com De estudantes a mães, projetos estimulam participação na política, e A Força da Indústria, O novo caminho para Criciúma, essa última em parceira com o jornalista Gabriel Bosa.

“Quero deixar registrado que nós ganhamos o troféu, mas há participação de toda a redação. A parceria entre a equipe é muito importante e também faz parte deste resultado”, afirmou Franciele.

Já na categoria Fotografia, o grande campeão foi o fotografo Daniel Búrigo, com a imagem Paixão que vem de berço. “A foto comunica num piscar de olhos, mas acho que o momento captado é importante para mostrar a emoção da hora”, comentou o Búrigo sobre o trabalho premiado.

Além de dominar essas três categorias, o veículo figurou na terceira posição nas categorias Webjornalismo, com Construção centenária da fé, dos repórteres Mayara Cardoso e Renan Medeiros, e Reportagem Geral, com Regularização, a segurança do lar, outra parceria de Gabriel Bosa e Francieli Regina de Oliveira.