Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

4º Batalhão pode solicitar 15 novos bombeiros

Governo do Estado anunciou que vai convocar 150 profissionais da área em novembro
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 07/08/2019 - 17:49
(foto: divulgação / Arquivo)
(foto: divulgação / Arquivo)

Com o anúncio da contratação de 150 novos bombeiros pelo governo do Estado, o 4º Babalhão de Bombeiros Militar aguarda para saber quantos serão designados para a região. O tenente-coronel Gustavo Eustáquio, comandante do 4º Batalha, antecipou que a região deve solicitar 10% deste contingente. No entanto, o número que será destacado só deve ser anunciado na metade do ano que vem, após o cumprimento do curso preparatório, em Florianópolis.

"Na última leva, de 300 novos bombeiros, 30 foram destacados para o 4º Batalhão. Vamos trabalhar para pedir a mesma porcentagem", declarou. Se destacados os15 novos bombeiros para a região, cinco devem ser mobilizados para Criciúma, cinco para Içara e cinco para Araranguá, nessa ordem de prioridade. "São as cidades que têm maior demanda", explicou Gustavo.

Atualmente, os bombeiros atuam em Criciúma com uma média de seis bombeiros por turno. Segundo o comandante, o número ideal seria de 10. Com a utilização de bombeiros comunitários, que atuam de forma remunerada em turnos de 24 horas, a defasagem pode ser amenizada. "Ainda está em fase de documentação, mas já temos o recurso".

Nova sede em Criciúma

Sobre a possibilidade da construção da nova sede em Criciúma, em terreno doado pela prefeitura na avenida Centenário, o comandante do 4º Batalhão destacou que o processo ainda caminha lentamente, mas começa a tomar forma. "Ainda aguardamos a formalização da prefeitura (na doação do terreno). O local foi visitado informalmente e posso dizer que teve um parecer positivo, desde que seja possível juntar as viabilidades legais para usar a integralidade do terreno", avaliou.