Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

A Magazine Luiza (MGLU3) é a Maior Oportunidade que temos na Bolsa?

A Empresa caiu mais de 70% nos últimos 12 meses na Bolsa de Valores.
Por Rodrigo Colombo 23/12/2021 - 15:30 Atualizado em 23/12/2021 - 16:00

Nos últimos 5 anos a Magazine Luiza entregou rentabilidades gigantescas na bolsa de valores, a mudança drástica da parte logística da empresa e dos investimentos feito pela companhia fizeram os investidores apostarem alto no negócio.

Qualquer investidor teria ficado milionário investindo R$5mil em 2015 ou 2016  e segurando até agora.

 

O ano de 2021 foi bem tenebroso para os investidores, a empresa enfrente uma desvalorização de mais de 70% nos últimos 12 meses, isso depois dessa grande alta.

O negócio agora é decifrar se é uma oportunidade ou se o negócio é uma grande furada.

O ponto mais importante é especialmente entender os motivos da queda, que num primeiro momento tendem a ser algo maior do que a própria empresa e nada ligado nela especialmente.

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central aumentou em 1,5 pontos percentuais a Selic. Com a elevação da taxa básica de juros para 7,75%, o acesso ao crédito fica mais caro para o consumidor.

O varejo é o segmento mais afetado com a alta da SELIC, que é a nossa taxa de juros.

Quanto menos dinheiro as pessoas conseguem pegar, menos elas acabam gastando.

Como o varejo é movimentado por diversas frentes da economia, ele sofre de diversas formas.

A MGLU3 sofreu o primeiro impacto com as notícias, quanto mais a SELIC sobe mais a empresa sofre desvalorização, outras notícias mais específicas foram surgindo, mas nada que gere impacto para o negócio em si.

Agora podemos voltar ao real, ao físico do negócio.

A Magazine Luiza está falindo?

Não, muito pelo contrário, a empresa nunca esteve tão bem.

Desde as mudanças em 2015/2016 o negócio vem evoluindo em tudo: Receita, Lucro, Margem e Caixa.

A empresa se mantém bem e vem ampliando a sua fonte de geração de renda, que antes era venda de eletrodomésticos e agora está mais ligado ao cérebro do que ao braço.

Da mesma forma que a Amazon fez nos EUA a Magazine está fazendo no Brasil, usando a sua base de forma mais inteligente do que apenas vender produtos.

Alem da melhoria do seu negócio como um todo investindo em logística e digital, a empresa vem comprando negócios relacionados à tecnologia para a produção de conteúdo e consequentemente a venda de mídia além dos produtos.

Kabum, Jovem Nerd e Canal Tech foram compras gigantes feitas pela empresa, todas elas focadas em alguma parte que a empresa não atendia ainda.

O negócio continua bem, a empresa mantém mais caixa que dívida e isso faz dela uma gigante geradora de caixa.

Mesmo com baixas margens o negócio se mantém lucrativo e crescente.

Como tudo na bolsa está ligado ao negócio, se a empresa continuar fazendo o seu trabalho é questão de tempo para que a valorização volte a se tornar positiva.

É claro que não podemos apostar no crescimento e em quanto isso irá chegar, mas a pergunta que eu sempre faço depois de olhar para o todo do negócio é a empresa estará lucrando mais daqui a 10 anos do que está hoje?

Sabendo que o lucro é o que importa, se ela lucrar mais acaba colocando mais dinheiro no bolso dos acionistas.

Como sempre, eu gosto de indicar outros materiais para o estudo do negócio que estamos comentando aqui, então aqui vai um vídeo do Youtube que eu gosto muito sobre a história da MGLU3.

 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito