Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
* as opiniões expressas neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do 4oito

2022 para os Fundos Imobiliários

Gestores debatem sobre o ano que está passando e também sobre 2022
Por Rodrigo Colombo 15/12/2021 - 17:50 Atualizado em 15/12/2021 - 18:18

Eu diria que o ano de 2021 foi realmente atípico para os fundos imobiliários, tivemos um momento diferente de tudo o que já vivenciamos, especialmente desde 2019.

De 2019 pra cá nós multiplicamos a quantidade de investidores em várias vezes, saímos de algo em torno de 20 mil para quase 2 milhões, são números bem expressivos.

O que vimos em 2020 e 2021 foram novos investidores passando por situações novas, situações que eles nunca tinham vivenciado.

Desvalorizações gigantescas, valorizações expressivas e muito debate sobre movimentos específicos em alguns fundos.

Tivemos o crescimento desenfreado das teses de HIGH YIELD e a pergunta sobre a manutenção do crescimento desses fundos.

Tivemos emissões gigantes e rápidas, assim como tivemos emissões pequenas e lentas. Gestores optaram por alavancar ao emitir abaixo do VP ou aceitaram emitir abaixo mesmo, sem pensar duas vezes.

Cada dia mais se prova a importância da gestão para os fundos multi multi, boas emissões e bons movimentos serão responsáveis pelos resultados dos fundos no longo prazo.

No meio desse turbilhão de informações, tivemos muita informação sendo disseminada, muita informação de qualidade e também muita informação inútil.

No dia de hoje, 15/12 a Wise organizou na sede do BTG, na Faria Lima um encontro com gestores do mercado para saber o que eles estão visualizando sobre o momento atual e os novos momentos que podemos vivenciar.

O encontro pode ser visualizado na live que eu fiz no meu canal no Youtube, basta dar play aqui embaixo:

Resumo da live sobre Oportunidades

Não é novidade pra ninguém que os fundos de tijolo estão realmente descontados, fundos que outrora pagavam 4,5% ao ano estão pagando quase 8% com o mesmo risco.

Enquanto investidores do mercado tradicional investem para receber 4% ao ano em imóveis na planta, hoje é possível comprar fundos imobiliários gigantes recebendo quase 10% ao isento de imposto de renda.

Não é novidade pra ninguem que os fundos imobiliários são a melhor ferramenta para o investidor que deseja se expor ao mercado imobiliário sem financiamento e juros.

Quanto mais a economia bate, mais os fundos imobiliários se provam e cumprem com o seu papel de pagamento de renda mensal.

Além dos fundos de tijolo, os gestores falaram também sobre o desconto irracional dos FOFs, fundos que compram outros fundos.

Em alguns casos você tem fundos posicionados em CRI e outros em TIjolo, sendo que dependendo da estratégia o desconto pode ser dobrado.

Daqui alguns anos estaremos comentando sobre a enorme oportunidade que tivemos no final de 2020, talvez não seja possível ver algo desse tamanho nos próximos anos.

Está sendo um fechamento de ano incrível para os investidores de longo prazo que estão atentos.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito