Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Podcasts

Lucas Rocco (01/03/2018) / 18037

Não importa quanto você ganha, mas sim o quanto você guarda, garante o colunista do mercado financeiro Lucas Rocco. Ele participou do Programa do Avesso, da Rádio Som Maior, falou sobre como administrar as finanças, política brasileira e como multiplicar dinheiro. Para Rocco, o perfil econômico das pessoas se divide em três.

"Tem uma linha que divide o mundo: os gastadores, que empatam ou até gastam um pouco a mais; os poupadores, aqueles que juntam um dinheirinho e trocam de carro; e também o investidor. Tem que saber diferenciar o que é necessário de um fortalecimento de imagem", afirmou.

O colunista recomenda que as pessoas devem guardar um pouco de dinheiro a cada mês. Segundo Rocco, 20% das pessoas chegam em uma boa condição financeira aos 60 anos, e apenas 10% deixam patrimônio para os filhos. "Ninguém fica rico num dia, o cara traçou aquilo em décadas de suor".

Devemos colocar o futuro no orçamento. Qualquer pessoa pode buscar uma renda complementar, seja abrindo uma empresa ou comprando produtos baratos da China e revendendo, imagina Rocco. "Não importa quanto você ganha, importa quanto você guarda. Salário não é desculpa, você sabe ou não sabe lidar com dinheiro", afirmou.

O Brasil segue entre os campeões no pagamentos de impostos, levando boa parte da renda dos trabalhadores. “Pagamos um imposto igual dinamarquês e recebemos serviços igual no norte da África”, completou.

Sobre política:

Entre os assuntos, Lucas Rosso deu sua opinião sobrea política brasileira. O colunista pensa que eles devem votar a favor da população e não pensando em seus interesses.

“Se olhar ali Marina, Ciro Gomes, Bolsonaro, você contrataria para administrar sua empresa? A Dilma quebrou um R$ 1,99, imagina se não quebraria o Brasil”, analisou.