Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Você sabia que a cirurgia plástica não é só estética?

A área da medicina que atua com cirurgia plástica atua em duas vertentes: a cirurgia reparadora e a estética
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 29/09/2020 - 15:25Atualizado em 29/09/2020 - 15:27
Fotos: Vitor Netto / 4oito
Fotos: Vitor Netto / 4oito

Quem acha que cirurgia plástica é luxo se engana. As cirurgias plásticas são realizadas sob duas perspectivas: a cirurgia plástica reparadora e a cirurgia plástica estética. E essa foi a temática do programa Do Avesso desta segunda-feira, 29, na Rádio Som Maior, quando Pity e Vitor Búrigo receberam a cirurgiã plástica June Faverin. 

Nascida em Belém, foi para São Paulo para fazer residência e conheceu o seu esposo, que após isso veio para Criciúma. Ela é especialista em cirurgia plástica e atua na área na cidade em contorno corporal. “É uma especialidade muito dinâmica. O que hoje é tido absoluto, daqui a dois anos pode mudar totalmente. A necessidade, as expectativas dos pacientes vão mudando e a cirurgia vai mudando”, comentou. 

As cirurgias plásticas reparadoras são tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. É considerada tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica. “Você roda em várias subespecialidades da especialidade, como a área de queimados, microcirurgia, cirurgia de mão, reconstituição de mama, cirurgia craniofacial”, explicou.

A cirurgia plástica estética é aquela realizada com o objetivo de melhorar a aparência física do indivíduo. “A cirurgia estética é uma das subespecialidades da cirurgia plástica”, enfatizou. “Uma coisa que ocorre bastante nesse momento é a busca pelo imediatismo e nesses casos precisamos analisar o paciente e ver o que ele procura com o resultado”, completou. 

Ouça a entrevista completa: