Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Veja quais podem ser os adversários do Tigre na Copa do Brasil

Com o fim dos jogos da segunda fase, CBF definiu
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 16/04/2021 - 16:29Atualizado em 16/04/2021 - 16:53
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Tigre está, como esperado, no segundo pote do sorteio da terceira fase da Copa do Brasil. Assim, pode enfrentar, por exemplo, o atual campeão brasileiro, o Flamengo ou o atual campeão da Copa do Brasil, o Palmeiras. Por outro lado, pode vir da Série B o adversário: o Cruzeiro ou o Vasco. O sorteio ainda não tem data definida, mas deve acontecer na semana que vem. 

Na terceira fase da Copa do Brasil, o duelo é em jogos de ida e volta. As 32 equipes classificadas são divididas em dois potes, de acordo com o ranking da CBF, que leva em conta o desempenho dos clubes nos últimos cinco anos em competições nacionais.

O Tigre está na 42ª posição do ranking. Entre os qualificados à terceira fase, o Tigre é o 25º melhor colocado. Qualquer equipe do Pote 1 pode enfrentar qualquer do Pote 2. Os jogos da terceira fase ocorrem nas duas primeiras semanas de junho. 

Estão no Pote 1 e podem ser o adversário do Tigre os seguintes clubes: Athletico Paranaense, Atlético-MG, América-MG, Bahia, Ceará, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco. Destes, 14 estão na Série A do Brasileirão e dois na Série B: Vasco e Cruzeiro. 

No Pote 2, junto com o Tigre, estão 4 de Julho, ABC, Atlético-GO, Avaí, Boavista, Brasiliense, Cianorte, Coritiba, CRB, Fortaleza, Juazeirense, RB Bragantino, Remo, Vila Nova e Vitória. 

A equipe pior ranqueada é o 4 de julho, na posição 193. O clube é o atual campeão piauiense e eliminou o Cuiabá na segunda fase, em partida que foi para os pênaltis. 

Até o momento, o Tigre já faturou R$ 2,935 milhões na Copa do Brasil, valor bruto - há o desconto de INSS e do Sindicato dos Atletas. Se avançar à quarta fase, leva mais R$ 2,7 milhões aos cofres.