Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

UTI confirmada em Sombrio ainda em 2019

Hospital Dom Joaquim passa por nova fase, após sofrer no passado com crises e paralisações
Por Redação Sombrio, SC, 28/03/2019 - 09:06
Divulgação
Divulgação

O prefeito de Sombrio, Zênio Cardoso (MDB), assinou, na tarde de ontem, o novo contrato de repasse ao Hospital Dom Joaquim, aumentando de R$ 80 mil para R$ 110 mil mensais, a serem administrados pelo Instituto Maria Schmitt, gestor da unidade hospitalar. Além dessa novidade, o chefe do Poder Executivo sombriense também anunciou durante a cerimônia que ainda em 2019 a cidade contará com o serviço de Unidade de Terapia Intensiva. 

Atualmente, a UTI mais próxima fica em Araranguá, mas Sombrio já possui leitos de retaguarda do serviço, como o pós-UTI e o preparatório para cirurgias. “Este ano está confirmado, teremos UTI no Hospital Dom Joaquim. Estamos trabalhando muito focados nesse objetivo, percorrendo as questões legais todas e buscando auxílio financeiro para finalmente realizarmos esse sonho”, declara Zênio.

Nova fase

Tanto o anúncio da instalação da UTI quanto a assinatura do contrato de aumento do repasse fazem parte de uma nova fase do HDJ, que por anos sofreu crises e chegou a ter os atendimentos paralisados. 

“E, nos próximos dias, completando a reforma feita na fachada e na recepção do hospital, asfaltaremos a rua que passa em frente ao Dom Joaquim, que já tem calçadas novas e agora terá um asfalto novo também. O Hospital Dom Joaquim mudou de vez e patamar”, relata o prefeito. 

O vice-presidente do Imas, Ricardo Ghelere, também divulgou melhorias que serão feitas na unidade hospitalar nos próximos meses, algumas delas com a ajuda de empresários da região.  “Quero aproveitar para anunciar que fechamos a parceria com dois médicos para ter o aparelho de tomografia no hospital Dom Joaquim, o único da região”, conta Ghelere.

“Também anuncio que um grupo de empresários nos chamou para avisar que reformará todos os quartos do HDJ, que terão camas novas, TV de led, armários, poltronas e refrigeração, como se fosse um hospital particular”, informa, lembrando, ainda, de outro empresário que doará R$ 450 mil em equipamentos para o Centro Cirúrgico do hospital.