Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Unesc promove sarau sobre o Dia da Consciência Negra a partir das 19h

Embora não seja feriado em Criciúma, universidade abriu as portas para lembrar esta data
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 20/11/2017 - 18:13Atualizado em 20/11/2017 - 18:17
(foto: Erik Behenck)
(foto: Erik Behenck)

É lembrado desde 2003, em 20 de novembro, o Dia da Consciência Negra. A data faz referência a um dos personagens mais famosos da história brasileira: Zumbi dos Palmares.  Mais de mil cidades fazem feriado neste dia, entre elas Florianópolis, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Acham que nós negros somos todos iguais, mas também temos nossas diferenças. As pessoas precisam sair um pouco da TV aberta e do Google, para diminuir essa falação e aprender sobre o passado”, afirmou a coordenadora do núcleo de estudos afrodescendentes e minorias da Unesc, Janaína Damásio Vitório, é quem conversa com a gente sobre isso.

Embora não seja feriado em Criciúma, a Unesc preparou uma programação especial, que foi iniciada às 9h e segue até às 21h. A partir das 19h, um sarau cultural irá movimentar a Praça do Estudante.

“É um dia positivo a partir do momento que estamos em um nível de privilégio em uma instituição de curso superior. Ela abre para que mostramos de diferentes formas o que é o Dia da Consciência Negra”, disse a autora Gisele Marques, que terá o livro "O Mundo de Oyá" lançado durante a noite.