Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Trânsito da Via Rápida tem levado dor de cabeça a moradores de bairros

Reunião nesta quinta-feira tratará sobre rotas alternativas para diminuir a passagem de veículos
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 31/10/2019 - 09:50Atualizado em 31/10/2019 - 09:51
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

A Via Rápida é o principal acesso a Criciúma. Só que na região de seu começo, para quem parte da cidade, existem alguns bairros, que sofrem com o trânsito constante de veículos. Hoje, a partir das 19h, será realizada uma reunião no Centro Comunitário do bairro Nossa Senhora da Salete para discutir alternativas.

“O trânsito hoje desemboca dentro do bairro, numa rua de lajota, em um CEI, são 500 ou 600 carros por dia. Isso tem causado transtornos e pode causar um acidente”, comentou o vereador Paulo Ferrarezi (MDB). “As pessoas não reclamam da Via Rápida, mas de algumas melhorias que precisam ser feitas nestes bairros”, disse.

Segundo ele, foram feitos convites para representantes do Governo do Estado, do Município e para deputados. Ferrarezi destacou que uma das alternativas seria o desvio do trânsito pela rua Três Ribeirões, o que iria melhorar a condição para os motoristas e também para os moradores da região.

“Uma das propostas é fazer uma rótula entre a Via Rápida e a rua Maria Quitéria, uma das propostas seria retirar o trânsito da rua Rio Negrinho. Eu acredito que tem espaço”, citou. Conforme o vereador, alterando o trânsito também deve ajudar a Polícia Militar durante rondas.