Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Trabalhadores do HRA não descartam greve 

Colaboradores realizaram assembleias nesta sexta-feira e cobram segurança em caso de rompimento entre o Governo do Estado e o IMAS
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Araranguá, SC, 16/07/2021 - 18:40Atualizado em 16/07/2021 - 18:41
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os colaboradores do Instituto Maria Schimitt (IMAS), administrador do Hospital Regional de Araranguá (HRA), realizaram duas assembleias nesta sexta-feira, 16.

Em discussão, a cobrança de garantias caso aja o rompimento do Governo do Estado com a Organização Social (OS). “Se não haver um acordo, uma segurança aos trabalhadores em 30, 40 dias, será feito plebiscito para deliberar sobre a greve”, enfatizou o presidente do Sindisaúde, Cléber Cândido.

Ele fala ainda que os trabalhadores querem um acordo com o Governo e o IMAS. “Queremos que garantam os direitos dos trabalhadores. Que os valores que o IMAS tem para receber sejam destinados a um fundo que garanta o pagamento da rescisão”, completa.