Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Tigre vive o maior jejum de vitórias na Era Baier

São quatro jogos sem vencer, com três derrotas e um empate
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 16/09/2021 - 15:54Atualizado em 16/09/2021 - 15:54
Baier tem pouco mais de 50% de aproveitamento no Tigre (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)
Baier tem pouco mais de 50% de aproveitamento no Tigre (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)

Desde o Catarinense, o Criciúma não vivia um período de quatro jogos sem vencer. Este jejum é o maior sob o comando do técnico Paulo Baier, com três derrotas (duas na Série C e uma na Copa Santa Catarina) e um empate (Série C). A derrota por 2 x 0 para o Hercílio Luz, na estreia da Copa Santa Catarina, foi ainda a primeira em casa desde que Baier assumiu o Tigre.

Contra o time de Tubarão, o técnico não esteve na beira do gramado - o técnico cumpre suspensão de três jogos por confusão enquanto ainda comandava o Próspera, no Campeonato Catarinense. Com o foco principal na Série C, a comissão técnica optou por uma equipe reserva na estreia da Copa Santa Catarina.

Taticamente, o Tigre não se encontrou e saiu derrotado por 2 x 0, com um gol marcado ainda na primeira etapa, de falta, e outro no segundo tempo, ambos pelo volante Garraty, eleito o melhor em campo pelo Timaço da Rádio Som Maior.

Individualmente, o Tigre rendeu abaixo do esperado; o atacante Luiz Paulo e o meia Dudu Figueiredo, dois escalados com maior rodagem no time titular, saíram vaiados de campo, em partida que marcou o retorno do público ao estádio Heriberto Hülse - aproximadamente 470 torcedores.

Desde que Baier assumiu o comando técnico do Tigre, o maior jejum de vitórias era de três partidas - três empates, dois contra o América Mineiro pela Copa do Brasil e um contra o São José, fora de casa, pela Série C.

O Tigre também conheceu duas derrotas consecutivas, em duas ocasiões: para Fluminense (Copa do Brasil) e Ituano (Série C), e Botafogo e Mirassol (Série C), ambas sequências fora de casa. O retrospecto geral desde que Baier assumiu tem 21 jogos, nove vitórias, cinco empates e sete derrotas - 19 gols marcados e 21 sofridos. O aproveitamento é de 50,7%.

Na Copa Santa Catarina, o Tigre arranca na lanterna da competição, enquanto na Série C é o quarto colocado do Grupo B e está a um empate de confirmar a classificação à segunda fase da competição.