Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Sustentabilidade e boas práticas em pauta no ‘Café de ideais’

Encontro promovido pela CDL de Criciúma aborda temas com foco no varejo
Por Redação Criciúma, SC, 30/05/2019 - 15:03Atualizado em 30/05/2019 - 15:37
Divulgação
Divulgação

Mudanças de hábitos em prol de um mundo mais sustentável e empático foram os assuntos de mais uma edição do ‘Café de ideias’ promovido pela CDL de Criciúma nesta quinta-feira (30). Aprender mais com iniciativas que estão dando certo no mercado esteve como o objetivo da conversa com os associados da entidade, que teve como convidados  engenheiro ambiental Marco Aurélio Salvaro, representando o case do Shopping Della, e o diretor das Óticas Diniz, Jairo Moreira.

No fim de 2016 o Shopping Della contratou uma empresa de compostagem para fazer um diagnóstico de resíduos sólidos, quando foi identificado que, do total de todo o lixo, 36% eram alimentos. Hoje a média de reciclagem do empreendimento, entre todos os tipos de resíduos, é de 60%, com meta para chegar a 80% em breve. “Muita matéria-prima acabava sendo jogada fora sem ser aproveitada. Na compostagem nós conseguimos em 60 dias deixar o material pronto (adubo) para venda a granel”, explicou o engenheiro agrônomo da Composul Compostagem, Marco Aurélio Salvaro.

Outro exemplo apresentado durante o encontro foi o envolvimento social da empresa, trazendo como case de sucesso o projeto ‘Diniz Social’, realizado pelas Óticas Diniz no Bairro da Juventude que já atendeu mais de 500 crianças no que envolve consulta com oftalmologista e distribuição de armação e lentes de óculos. “Não podemos mais viver nesse mundo de ir do trabalha para casa e vice-versa, precisamos nos envolver em algo maior, existem pessoas que estão gritando por ajuda e se cada um fizer um pouco, podemos melhorar essa sociedade”, ponderou o diretor das Óticas Diniz, Jairo Moreira.

O ‘Café de ideias’ é realizado nas manhãs de toda última quinta-feira do mês, de forma aberta e gratuita para lojistas e comerciantes na CDL de Criciúma.