Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Situação da JBS de Morro Grande é tema de Audiência Pública

Discussão começa às 14h, nesta segunda-feira, no Plenarinho da Alesc
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 05/11/2017 - 19:13

A situação de mais de 650 trabalhadores desempregado diretamente, após fechamento da unidade da JBS de Morro Grande tornou-se uma preocupação não apenas para o município, mas para toda a região da Amesc. Por isso, a Assembleia Legislativa, à pedido do deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT), realiza nesta segunda-feira (6) uma Audiência Pública.

A discussão acontece no Plenarinho da Alesc, em Florianópolis, a partir das 14h. Na última semana a reunião de conciliação entre a prefeitura de Morro Grande e a direção da JBS definiu critérios para que a unidade seja colocada à venda.

"Nós estamos preocupados com o impacto econômico e social desse fechamento da JBS. São muitas famílias envolvidas direta e indiretamente e que não podem ficar desamparadas. Precisamos encontrar uma solução para amenizar o sofrimento desses trabalhadores", coloca o deputado Rodrigo Minotto.

Segundo Célio Elias, diretor do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Criciúma e Região (Sintiacr), apenas a fábrica de rações, com 45 funcionários, funciona atualmente.

"As rescisões serão formalizadas pela JBS através do sindicato entre os dias 9 e 24 de novembro. Além de da rescisão, os trabalhadores receberão um abono de gratificação de R$ 1.250 e terão antecipados R$ 700 da participação nos lucros que seria paga em abril de 2018", explica Elias.