Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Sensação térmica pode chegar a -5º C no Sul, alerta Defesa Civil

Por conta da combinação de baixas temperaturas e ventos intensos entre a tarde de terça e a manhã da quarta-feira, o frio deve ser muito intenso
Por Giovana Bordignon Florianópolis, SC, 17/05/2022 - 13:44 Atualizado em 17/05/2022 - 13:51
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Devido as condições de frio intenso, ventos fortes e mar muito agitado durante a semana, a Defesa Civil de Santa Catarina emitiu alguns avisos meteorológicos relacionados a essas condições. Nas regiões litorâneas a sensação térmica pode variar de 0° a -5° C na próxima quarta-feira (18).

Uma massa de ar de origem polar passou a atuar no estado ainda nesta segunda-feira (16) e segue mantendo as temperaturas baixas até o início da próxima semana. O risco é moderado nas áreas em amarelo e alto nas áreas em laranja do mapa para ocorrências associadas ao frio, como o congelamento de pistas e geadas.

Entre terça (17) e quinta-feira (19), o ciclone subtropical Yakecan se aproxima da costa do Sul do Brasil e provoca ventos intensos em Santa Catarina, com rajadas que podem passar dos 100 km/h entre o Planalto Sul, Litoral Sul e Grande Florianópolis Serrana. O risco para ocorrências associadas ao vento é alto a muito alto nas áreas em laranja e moderado nas áreas em amarelo do mapa.

Por conta da combinação de baixas temperaturas e ventos intensos entre a tarde de terça e a manhã da quarta-feira (18), o frio deve ser ainda maior em todo o estado, com sensação térmica de 0º a -5º C nas regiões litorâneas e Vale do Itajaí.

Entre terça e sexta-feira (20), o ciclone também provoca movimentação marítima, especialmente na quarta e na quinta entre o Litoral Sul e a Grande Florianópolis, onde as ondas podem atingir picos de até cinco metros de altura. O risco é alto a muito alto para ocorrências associadas a movimentação marítima, ressaca, alagamentos e erosão costeira nas áreas em laranja do mapa, nas áreas em amarelo o risco é moderado.

A Defesa Civil recomenda se manter agasalhado, buscar locais abrigados, longe de materiais que possam ser arremessados. Nas regiões costeiras, evite navegação, atividades de pesca e esportes náuticos. Fique atento às placas de sinalização de trânsito nas áreas onde pode haver congelamento de pista.

Criciúma

Com previsão de baixas temperaturas para os próximos dias, o Governo de Criciúma está reunindo esforços e atuando na redução de riscos. Em uma reunião realizada na noite desta segunda-feira (16), o prefeito Clésio Salvaro definiu medidas preventivas junto à Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, Diretoria de Meio Ambiente, Secretaria de Infraestrutura e Celesc.

Além disso, a Secretaria de Assistência Social vai atuar no atendimento aos moradores em situação de rua. "Estamos em alerta para o que está por vir, mas preparados para o melhor atendimento à população, sempre pensando em minimizar os danos", ressaltou o prefeito Clésio Salvaro.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito