Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Seminário da nova fase da campanha "SC Não pode Parar" será apresentado na Acic

Trata-se de uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) em conjunto com o Sesi Senai e o Grupo ND
Por Letícia Ortolan Criciúma - SC, 01/12/2021 - 08:23 Atualizado em 01/12/2021 - 08:24
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Mais atenção às rodovias de Santa Catarina.  Este é o objetivo da nova fase da campanha “SC Não pode Parar”, que terá um seminário apresentado nesta quarta-feira, 1, na Associação Empresarial de Criciúma (Acic), às 18h30. Trata-se de uma iniciativa da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) em conjunto com o Sesi Senai e o Grupo ND. 

Os seminários que já foram apresentados em Chapecó, Navegantes, Jaraguá do Sul e Rio Grande do Sul, relatam as situações precárias das BRs do estado e trazem projetos de soluções. A melhora de logística em alguns trechos, bem como a duplicação da SC-108 que liga Criciúma a Braço do Norte, é um deles. “Hoje o tráfego que temos nessa região é extremamente intenso”, destacou o consultor da Sul Norte Logística, Neri dos Santos, em entrevista ao Programa Adelor Lessa.

As BRs 101, 282, 470, 280 e 163, também estão na pauta. A expectativa da campanha, que lançou o abaixo-assinado “SOS Rodovias”, na última segunda-feira, 29,  é avançar na infraestrutura e transporte. Por consequência disso, fomentar ainda mais o escoamento de produção e turismo no território catarinense.  “Hoje Santa Catarina tem um grande gargalo, justamente a nossa infraestrutura ferroviária que limita o desenvolvimento da região. Nós não temos condições de escoar toda produção que o estado tem, de forma competitiva” disse Neri dos Santos.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito