Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Seis dos jogadores da Seleção Brasileira foram criados apenas pelas mães

Brasil tem mais de 11 milhões de mães solos, segundo dados do IBGE
Por Redação Criciúma - SC, 25/06/2018 - 11:52Atualizado em 25/06/2018 - 14:10
Gabriel Jesus ao lado da mãe, Vera Lúcia
Gabriel Jesus ao lado da mãe, Vera Lúcia

Garra, determinação e empoderamento. São palavras que definem mulheres que criam sozinhas seus filhos. O Brasil tem mais de 11 milhões de mães solos, segundo dados de 2015 do Instituto Brasileiro de Geográfica e Estatística (IBGE). Hoje estas mulheres são representadas pelas mães de seis jogadores da seleção brasileira:

1- Gabriel Jesus- Vera Lúcia foi responsável pela criação de Gabriel Jesus e de mais quatro filhos, sozinha. O pai abandonou a família e pouco tempo depois faleceu.

2- Taison- Taison foi criado pela mãe Rosângela sem a presença do pai. Na infância enfrentou grandes dificuldades com a família e teve que começar a trabalhar muito cedo para ajudar sua mãe e irmãos.

3- Casemiro- Foi criado em um dos bairros mais pobres de São José dos Campos, no interior paulista. Aos três anos ele, a mãe e seus dois irmãos fora abandonados pelo pai.

4- Paulinho- Sofreu com a ausência do pai na infância e, depois de mais de 12 anos sem contato, encontrou o pai na arquibancada assistindo a um jogo seu.

5- Miranda- O pai de Miranda faleceu quando ele ainda tinha 11 anos. A mãe, Maria, ficou responsável pela criação de 11 filhos.

6- Cássio- O goleiro nem chegou a conhecer o pai, que abandonou a família antes de seu nascimento.

Bônus: Thiago Silva viu seu pai abandonar a família quando ainda tinha cinco anos. Mais tarde ganhou um padrasto que ajudou a mãe, Angela, a criá-lo. Os pais de Marcelo se separaram quando ele ainda era muito pequeno. Aos quatro anos ele foi morar com os avós maternos.