Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Scalese e Alemão: dupla de zaga pronta para iniciar o momento ofensivo do Tigre

10 anos separam os prováveis companheiros de defesa do Criciúma na estreia do Catarinense
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 22/02/2021 - 17:55
Marcel Scalese e Alemão foram apresentados oficialmente (Fotos: Celso da Luz / Criciúma EC)
Marcel Scalese e Alemão foram apresentados oficialmente (Fotos: Celso da Luz / Criciúma EC)

Treinando há quase um mês, os jogadores do Tigre começaram a falar com a imprensa apenas no fim da semana passada. Além do jogo treino, as falas dos atletas dão indícios do que o torcedor verá neste começo de temporada, faltando apenas dois dias para a estreia no Campeonato Catarinense. Na dupla de zaga, a expectativa é pela mescla da juventude de Marcel Scalese e a experiência de Alemão.

Os dois, juntos, conseguiram levar vantagem sobre o ataque da equipe de transição no jogo-treino contra a equipe de transição do Grêmio. Junto ao goleiro Gustavo, a dupla de zaga iniciou a construção ofensiva a partir da área de defesa.

Na apresentação oficial à imprensa e ao torcedor, Alemão, 34 anos, falou sobre o processo de adaptação ao lado do companheiro 10 anos mais jovem. "Estou conhecendo o Marcel agora, pelas características é um grande jogador e tem tudo para nos ajudar durante o ano", projeta.

O zagueiro mostra-se à disposição para executar o pedido pelo técnico Hemerson Maria, o qual Alemão trabalhou em 2019 no Figueirense, no momento ofensivo. "A saída de bola o Hemerson Maria tem trabalhado bem durante a pré-temporada, conheço o estilo do professor e a gente trabalha aquilo que ele pede", afirmou.

O discurso é corroborado por Scalese. "O Hemerson Maria trabalha muito a parte da saída de bola e a gente vem se adaptando bem. Temos jogadores com capacidade de fazer isso. Buscamos sempre a evolução para dar tudo certo no campeonato", revela o zagueiro.

Marcel Scalese falou também sobre as características dentro de campo. "Sou um cara que ajuda muito o time, guerreiro e que sei trabalhar a saída de bola. Tenho boa bola aérea e procuro sempre ajudar os companheiros, tudo o que der para fazer e conquistar os três pontos", concluiu. 

Zagueiro de intensidade e pegada, Alemão desvia quando perguntado sobre o chutão: não é tabu no Tigre. "Tem jogo que você evita jogar curto, dependendo do estado do gramado e circunstâncias da partida. Tem jogo que você consegue sair jogando, depende da partida", detalhou.