Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Salas makers começam a ganhar forma nas escolas municipais de Criciúma

Obras já englobam 13 espaços, com 81 m², voltados para as aulas de robótica
Por Redação Criciúma, SC, 16/05/2022 - 19:47
Foto: Ana de Mattia/ Decom
Foto: Ana de Mattia/ Decom

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Profissões do futuro e ter contato com as novas tecnologias são o intuito da instalação de 30 salas makers nas escolas municipais. A Prefeitura de Criciúma está construindo 13 salas, das 30 que serão instaladas, as obras estão seguindo o ritmo do cronograma e se encontram em diversos estágios de construção. As salas makers terão 81 m² cada e terão todos os equipamentos para as aulas de robótica.

De acordo com o engenheiro civil da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, João Vicente Davila Becker, as obras se encontram desde a fase inicial até a finalização. Ele ainda explica que a Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Arruda Ramos e Professora Clotildes Maria Martins Lalau estão na fase da construção de laje. "Temos escolas em outros estágios, como Adolfo Back e Luiz Lazzarin, que estão com a estrutura construída e a parte de alvenaria concluída, faltando a parte de reboco", explica. "Já a escola Lili Coelho é que está mais finalizada, faltando apenas alguns acabamentos e instalações elétricas e de comunicações", acrescentou.

Os espaços terão computadores, TVs, projetores, caixas de som, kits arduinos e impressoras 3D. A Prefeitura de Criciúma está investindo R$ 6.093.585,70 nos novos espaços, sendo R$ 4,6 milhões do Governo do Estado e o restante proveniente do Fundo de Educação. "Estamos trabalhando firme na construção das salas, que estão caminhando dentro do cronograma e no ritmo previsto. Já temos 13 sendo construídas, destacando a escola Lili Coelho que já tem a primeira camada de pintura e da escola Marcílio Dias San Thiago que está na fase de acabamentos também", ressaltou o secretário de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Tita Beloli.

Sobre as aulas

As aulas de robótica já estão ocorrendo nas escolas municipais em outros espaços das unidades. No ano passado, as aulas atingiram 1,5 mil estudantes, finalizando o ano com a primeira Feira de Robótica, na Praça Nereu Ramos. Neste ano, a expectativa é que as aulas alcancem 2,5 mil alunos.

"Temos que pensar na educação dos nossos jovens para o futuro, prepará-los para as mudanças tecnológicas que virão. As aulas de robótica e de empreendedorismo nas escolas municipais têm esse objetivo, elas incentivam e ensinam o trabalho em grupo, além de proporcionarem experiências e habilidades diferentes das demais redes de ensino", pontua o secretário de Educação, Miri Dagostim.

As aulas de robótica ocorrem no contraturno escolar e têm o apoio da Satc, Sesi/Senai e Associação Beneficente Abadeus. As instituições são responsáveis por disponibilizar os profissionais para lecionar nas unidades municipais. Cada turma tem uma aula de robótica por semana, com duração de três horas.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito