Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Saiba como escolher o casaco ideal para valorizar os traços do seu corpo

Além de esquentar, o acessório certo pode fazer toda a diferença no seu look
Redação
Por Redação Criciúma, 29/03/2020 - 20:24

Independentemente da estação, sempre há uns dias mais frescos que nos faz tirar os casacos ou jaquetas do armário. Um bom casaco, além de proteger você do vento e do frio, também tem que se adequar ao seu estilo e valorizar os traços do seu corpo. Modelo, cor, tamanho, comprimento... tudo isso influencia em como a peça vai cair em você.

Como se já não fosse muito complicado ter que pensar em tudo isso, ainda existe uma infinidade de opções disponíveis, o que pode tornar a escolha mais difícil. Mas calma, temos algumas dicas que, certamente, vão ajudar você. Confira!

Comece pelo comprimento

O comprimento do casaco é uma das primeiras características que devemos levar em consideração na hora de escolher a peça ideal. E é por ele que vamos começar.

Os mais curtos, que vão mais ou menos até a linha da cintura, caem bem em todos os corpos, mas são, especialmente, indicados para as baixinhas. Isso porque eles não escondem o tamanho das pernas, evitando o achatamento da silhueta que isso poderia causar.

Já os médios, cujo comprimento costuma ir até o meio das coxas, são os mais democráticos. Além de valorizarem todos os tipos de corpos, eles combinam com praticamente qualquer peça e estilo. Todo mundo, definitivamente, precisa ter pelo menos um casaco desses.

Os mais longos, que vão até o tornozelo, ficam mais elegantes em quem tem as pernas mais longas. No entanto, como esses são os mais quentinhos, você vai precisar de um, caso viaje para um lugar onde o frio é rigoroso, mesmo que suas pernas sejam mais curtas.

E há ainda os maxi, que são basicamente como os longos, mas com forma mais ampla. Esses modelos costumam dar volume ao visual, por isso, são mais indicados para mulheres mais altas e magras. Se esse não é o seu caso, uma opção para usar o maxi é em um look monocromático, que diminui o aspecto volumoso.

Repare bem no modelo

O modelo é o ponto mais importante do casaco e também o que vai dar o tom ao visual. Caso queira escolher uma peça que valorize o seu corpo e, ao mesmo tempo, disfarce o que você não gosta tanto assim, essa é a parte na qual você precisa prestar mais atenção.

Os trench coats são elegantes, versáteis e têm como uma de suas principais características o abotoamento frontal e, quase sempre, um cinto, que ajuda a marcar a cintura.

Por esse motivo, eles caem melhor em quem tem a cintura definida ou o quadril mais largo que os ombros. Para quem tem o corpo mais reto, estilo retângulo, esses casacos não são muito indicados, pois vão realçar essa característica.

Os casacos estofados ou com pelos costumam ser bem quentinhos e confortáveis. Mas é importante lembrar de que eles são mais volumosos, por isso, podem não ser uma boa ideia para quem quer disfarçar uns quilinhos a mais.

Os casacos com gola alta são os preferidos de muita gente, já aquecem muito bem, mas é preciso tomar cuidado, especialmente se você tem muito busto, pois esses modelos evidenciam os seios. Eles também encurtam o pescoço e realçam os ombros e devem ser evitados por quem não quer causar essa sensação.

Já os modelos blazer e casaqueto costumam oferecer opções que caem bem em todos os tipos de corpo. Algumas modelagens são mais curvilíneas, indicadas justamente para quem quer realçar as curvas do corpo; outras, são mais retas, e ficam melhores em corpos retangulares.

Os sobretudos e jaquetas também podem cair bem em todas, desde que se tenha atenção ao comprimento.

Por fim, os detalhes

Depois de escolher o comprimento e o modelo, fique à vontade para escolher o estilo que mais tenha a ver com você.

Em alguns casos, vale prestar a atenção nas cores, as mais sóbrias são melhores para quem quer disfarçar; as mais vivas, para quem quer evidenciar alguma característica.