Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

"Quem não quer trabalhar vai embora da Casa de Passagem", afirma Salvaro

Prefeito de Criciúma postou vídeo em frente ao local na manhã desta segunda-feira
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 10/05/2021 - 11:38Atualizado em 10/05/2021 - 11:42
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), postou vídeo em suas redes sociais, onde aparece em frente a Casa de Passagem na manhã desta segunda-feira, 10. Na filmagem, ele fala do tratamento dado no local e que quem quer permanecer lá terá que trabalhar. “Tem uns 20 aqui tomando café da manhã, depois tem almoço, café da tarde, janta. Aqui tem nutricionista, cozinheira, assistente social, psicóloga, tradutor. Aqui tem tudo. Dentro de uma hora, o pessoal da prefeitura vai pegar este pessoal para trabalhar”, falou.

Na sequência, Salvaro manda um recado ao que chama de “pessoal dos direitos humanos”. “E não me venha o pessoal dos direitos humanos reclamar que o prefeito faz o pessoal trabalhar. Quem não quer trabalhar vai embora da Casa de Passagem. Não tem este negócio que é trabalho escravo. Tem bastante gente trabalhando para sustentar as suas famílias e não para sustentar os malandros que estão aqui dentro”, disse o prefeito, apontando para a Casa de Passagem.

Ele continua: “Aqui não fica. Quer levar para a tua casa, leva. Aqui é Casa de Passagem. É para encamarinhar, não para se hospedar pro seis meses, um ano”, enfatizou.