Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Projeto prevê direita livre para quem vai de Siderópolis a Criciúma

Secretaria de Infraestrutura e Planejamento criciumense está estudando a possibilidade
João Zanini
Por João Zanini Criciúma (SC), 26/07/2021 - 11:25Atualizado em 26/07/2021 - 11:27
Foto: Google Street View
Foto: Google Street View

A rotatória que fica no topo da rua Álvaro Catão, utilizada por quem chega a Criciúma de Siderópolis e por quem chega do Rio Maina ou Nova Veneza, assim como por quem vai do centro da cidade até esse distrito ou cidades vizinhas e bairros do município, pode ter uma vantagem aos sideropolitanos. Isto, porque um projeto que está em andamento vai tentar fazer uma abertura para quem irá para a Luiz Lazzarin, semelhante ao trecho do lado oposto, para quem sai da Álvaro Catão e vai para Siderópolis.

Conforme a diretora da Secretaria de Infraestrutura e Planejamento da cidade, Kátia Smielevski, já houve um estudo que percebeu a viabilidade geométrica da obra. "Agora temos que ver a viabilidade econômica. Vamos precisar desapropriar uma parte da área do Let´s Drop Pub, e isso requer uma contrapartida para eles. E, ainda, teremos que deslocar o muro de contenção que é um local bastante alto, o que gera ainda mais custo", disse Smielevski.

A rodovia Sebastião Toledo dos Santos, que liga Siderópolis a Criciúma, pertence ao estado por ser uma rodovia estadual, então tem que passar pela Secretaria Estadual de Infraestrutura (antigo Deinfra) para que a obra possa iniciar.