Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Projeto Elas: de dentista a pastora, a história de Ana Luz

A pastora foi uma das personagens participantes do projeto da Rádio Som Maior com foco nas mulheres
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 04/05/2020 - 17:19 Atualizado em 04/05/2020 - 18:00
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Se perguntassem há alguns anos se ela imagina onde estaria, talvez ela não saberia responder. Nascida em uma cidade de interior, Ana Luz ainda jovem se mudou com seus familiares para buscar novas experiências. Poucos anos mais tarde, estava se graduando em Odontologia e posteriormente vindo trabalhar em Criciúma. O que ela não imaginava, era que depois de anos atuando como dentista na cidade, ela viraria pastora e seria hoje uma das referências religiosas na região e no estado. 

Ituporanga é uma cidade de interior de Santa Catarina e quando Ana Luz era pequena, pouco se via de desenvolvimento. Sua mãe juntou ela e seus irmãos e se mudaram para Blumenau, onde enxergavam um futuro com mais oportunidades. “Minha mãe queria coisas diferentes para as filhas e então fomos para Blumenau. Meu pai nos visitava às vezes e lá até minha mãe estudou. Lá também estudei em uma escola evangélica”, contou Ana Luz. 

Já em tempo de entrar no ensino superior, Ana Luz passou em seu primeiro vestibular para Odontologia e foi para Florianópolis estudar na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). “Foi desafiador. Sair daquele ambiente familiar para mim foi bastante difícil. Eu era muito nova, mas foi uma experiência muito boa”, acrescentou. 

Em Florianópolis dividiu apartamento com uma menina espírita e apesar de uma crença diferente, aproveitaram o tempo para ler a bíblia e ampliar os entendimentos do mundo. Na capital catarinense também conheceu Paulo, seu esposo, que hoje já completam 34 anos juntos. 

Vida profissional

Formada com 21 anos, iniciou a sua vida profissional em Criciúma. Após dois meses, se casou com Paulo. Ambos atuavam em consultório odontológico. “O fato de ser mulher atraia mulheres e crianças, mas o fato de ser muito nova não passava muita segurança para as pessoas”, afirmou. 

Ana Luz sempre foi forte em suas convicções, enfrentando tudo o que tinha que ser enfrentado. “O Paulo mesmo afirma, que eu não tenho medo de nada e nada me amedronta. Isso pode ser até perigoso”, comentou. 

Vida religiosa e espiritual

Após anos atuando na odontologia e frequentando a igreja evangélica, se tornou pastora. De acordo com ela, ainda há um certo preconceito nisso. “Não sou mulher de pastor, o que é muito comum uma mulher de pastor ser pastora. Mas no meu caso não era. Sempre tive mais conversa com os pastores do que as mulheres de pastores. Mas sempre entendi que havia um preconceito nisso”, enfatizou. 

Ana Luz relembra um episódio onde em uma reunião do Conselho Nacional de Pastores, ela foi representar Santa Catarina. A reunião contava com a presença de um Cônsul de Israel. “Todos se apresentaram e um pastor que estava próximo de mim fez uma cara do tipo ‘tem mulher até no conselho de pastores’, e aí que me dei conta que realmente não tinha nenhuma outra mulher, só a mulher do Cônsul e eu”, comentou. 

De acordo com ela, o ambiente sempre foi predominantemente masculino. “Mas eu sempre entendi isso e as pessoas acabavam me respeitando. Muitas vezes eu percebi um certo preconceito, mas não me deixava abalar continuava lutando por aquilo”, afirmou. 

Dom do abraço

Em determinado tempo atuando como pastora, Ana resolveu tirar um ano sabático e ser só um membro da igreja. “Fiquei sem pregar, só ser uma pessoa normal e trabalhar em casa. Nesse ano eu perguntou para Deus ‘o que eu faço de melhor?’ e Deus por várias circunstâncias mostrou que o que eu fazia de melhor era abraçar as pessoas”, explicou. 

O abraço milagroso já rendeu relatos. “É incrível como eu tenho testemunhas de como meu abraço pode transformar vidas, as pessoas relatarem de como o meu abraço foi bom”, acrescentou. 

Hoje Ana Luz é referência regional e estadual como pastora, atuando e pregando diariamente. 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito