Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Procon alerta sobre o golpe do boleto

Problema é que, em muitos casos, a pessoa acaba sendo direcionada para portais fraudulentos
Redação
Por Redação Imbituba, SC, 07/10/2021 - 14:35
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Diretora do Procon de Imbituba, Cristiane Pegorara teve reunião com os representantes de todas as instituições financeiras da cidade (bancos, lotéricas, cooperativas de crédito). A intenção foi solicitar o apoio no combate ao chamado "Golpe do Boleto".

A preocupação da diretora do órgão municipal surgiu após diversas denúncias de consumidores e com o aumento no número dos boletins de ocorrência relacionado a prática criminosa.

Segundo Cristiane Pegorara, o Golpe do Boleto inicia quando um consumidor, no desejo de pagar os débitos ou quitar parcelas atrasadas de algum bem, procura na internet os sites de supostas instituições financeiras. O problema é que, em muitos casos, a pessoa acaba sendo direcionada para portais fraudulentos.

Nesses sites, que não tem relação com bancos, lotéricas ou cooperativas de crédito, os consumidores acabam repassando informações pessoas e sigilosas. Em troca, recebem um boleto para a quitação do débito com desconto tentador. Mas, o que ocorre,  na verdade, é que os golpistas emitem boletos falsos, recebem os valores e o consumidor perde dinheiro.

Durante o encontro com os representantes das instituições financeiras, a Diretora do Procon de Imbituba solicitou a colocação de cartazes com informações sobre o Golpe do Boleto, com os contatos telefônicos do órgão municipal e, ainda, reforçou o pedido de atenção dos caixas na hora do atendimento.

“A prevenção sempre é o melhor caminho, pois, esses valores captados por quadrilhas especializadas em falsificar boletos são, praticamente, impossíveis de serem recuperados. Com a medida adotada, todos os caixas, de todos os bancos, lotéricas e cooperativas de crédito, deverão conferir o nome de quem está fazendo o saque e a identidade do beneficiário do boleto. Dessa forma, acreditamos que o número de casos registrado em Imbituba possa cair”, disse Cristiane Pegorara.