Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Primeira reunião de pais do Colégio Unesc em 2019

Encontro serviu para a apresentação do Projeto Pedagógico
Por Redação Criciúma - SC, 23/03/2019 - 11:47Atualizado em 23/03/2019 - 12:16
(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

Visando fortalecer a parceria entre pais e professores em prol de uma educação de qualidade, o Colégio Unesc realizou, na noite de ontem (22), a primeira Reunião de Pais do ano de 2019. A Coordenação e o corpo docente da instituição de ensino, recebeu pais de alunos do primeiro ano do Ensino Fundamental até o terceiro ano do Ensino Médio. 

Com a apresentação de cada membro da equipe do Colégio, a reunião serviu também para fortalecer as relações entre pais e escola. “Como instituição de ensino, buscamos uma formação integral do aluno”, colocou a coordenadora geral, Marlene Pires. “Isso é possível com a ajuda dos pais, que precisam acompanhar a vida escolar dos filhos”, completou.

Projeto Pedagógico também foi apresentado
Além de conhecer o corpo docente, os pais presentes também puderam saber mais sobre os diferenciais do Colégio Unesc. Utilização de toda a estrutura da Unesc, biblioteca, laboratórios, ateliê de arte, espaços de convivência, Projetos como a Sala de Atendimento Multifuncional de Aprendizagem (SAMA) e o programa (Com)Vivendo na Escola, Projeto Nadounesc, entre outros, foram apresentados. 

“Tudo é feito com foco na formação integral do aluno, uma escola inclusiva, acolhe e seja um ambiente feliz e atrativo para as crianças e adolescentes”, afirmou Marlene.  O Colégio Unesc também oferece natação, atendimento pedagógico, xadrez e outros jogos, oficinas de ensino, idiomas, dança, entre outras atividades extracurriculares. 

Encontro de aprendizados

Ainda na noite de ontem, o tema “A importância da autoridade dos pais e professores diante de crianças e adolescentes” deu rumo a uma palestra ministrada pelo professor e ex-reitor da Unesc, Gildo Volpato. 
“É preciso demonstrar para as crianças e adolescentes que, desde cedo, eles são responsáveis por suas ações”, colocou o professor. Durante sua fala, abordou também questões como autoridade em sala de aula e dentro de casa. “É preciso exercitar as possibilidades de escolha que eles possuem, as consequências de elas causam e os limites como filhos e alunos, e tudo sem perder a autoridade, o amor, o carinho, o respeito e a confiança”, prosseguiu.

A palestra também focou nas boas relações entre pais e filhos e professores e alunos. “A educação é a base para se preservar este nosso mundo, e fazemos isso educando e preservando as crianças”, disse, enfatizando a necessidade do exercício da confiança entre as relações. “Só assim poderemos seguir ensinando limites e possibilidades para crianças e adolescentes”, finalizou.