Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4
Eleições 2020

Pré-candidatos de Içara avaliam pesquisa

IPC e Som Maior divulgaram os números nessa terça-feira
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Içara, SC, 16/09/2020 - 10:49
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Mais uma pesquisa do cenário das eleições municipais de novembro de Içara, realizada pelo IPC e da Rádio Som Maior foi divulgada nessa terça-feira, 15. No mesmo dia, os pré-candidatos a prefeito comentaram os números.

Confira também:
Içara: Dalvânia estável, Alex e Arnaldinho avançam

Com 3,8% na pesquisa estimulada (PSL), Agenor Bombeiro diz entender que o cenário não mudou muito. “Continuam três candidatos líderes. Achamos que o nosso partido caiu um pouco, mas que não é a realidade, aja vista que não estamos muito na mídia. O PP, da Dalvânia tem melhorado bastante e a gente tem a impressão de uma leve tendência de ela ganhar estas eleições”, comenta.

Alex Michels (PSD), aparece com 26,2%, na segunda posição. O pré-candidato relata que recebe os  números com alegria e otimismo. “É muito gratificante ver que as nossas ideias estão chegando nas pessoas. Que o desejo de renovação está forte. Que a nossa ideia de fazer uma política voltada para as pessoas está dando resultado. Sem aquela política do toma lá, dá cá, do favorzinho, do conchavo político. É claro que pesquisa é o retrato do momento e ainda falta muito tempo para a eleição. Então temos que trabalhar duro todos os dias para fazer com que a nossa mensagem chegue”, diz.

Arnaldo Lodetti, o Arnaldinho (MDB), surge com 18,2%. “A pesquisa nos deixou muito satisfeito, mostra o nosso crescimento, em um momento que nós nem tínhamos ainda as definições dos candidatos a prefeito e vice, agora com um quadro definido nos mostra uma tendência de crescimento muito bom. Somos o nome que mais cresceu entre uma pesquisa e outra. Agora com o nosso time na rua, com a coligação que procura dar continuidade aos trabalhos que a administração vem fazendo, com certeza estaremos logo em seguida chegando a frente na eleição”, cita.

Dalvânia Cardoso (PP) parece na ponta da pesquisa com 38,2%. “Agradecer as pessoas que citaram o nosso nome na pesquisa. As pesquisas são um instrumento de trabalho. Nos servem para motivar, corrigir possíveis alinhamentos e campanha e para nós o que ganha eleição é trabalho e voto na urna”, comenta.

Já Marcos Viscardi (Patriota), está com 1% na pesquisa estimulada. “A gente nãos se baseia, e tivemos exemplo a última eleição, que não devemos nos basear em pesquisa, mas sim em voto na urna. Acreditamos muito no trabalho que a gente realiza. O nosso trabalho segue, pode colocar a gente com 0% que no nosso trabalho vai seguir a diante e as nossas ideias e convicção serão colocadas à sociedade e estaremos sempre aptos a ouvir os anseios da população e o que ela quer”, pontua.