Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Poker é mais habilidade do que sorte

Nações Shopping recebe competição entre terça-feira e domingo
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 02/12/2019 - 16:36

Considerado esporte da mente, o poker atrai cada vez mais jogadores no mundo inteiro e no Brasil não é diferente. O Programa do Avesso desta segunda-feira, 2, recebeu Tiago Ferrari e Paulo Santos, do Veneza do Poker e Erik Gregório, responsável pelo marketing do Nações Shopping. Entre terça-feira, 3, e domingo, 8, haverá o Poker Nações.

“Desde 2011 é considerado um esporte da mente, a briga ainda é para regulamentar, para tornar um jogador profissional. O estigma de jogo de azar já caiu, embora ainda siga para algumas pessoas mais velhas. A partir do momento que reconhece igual ao xadrez, já não está mais fadado a sorte”, disse Ferrari.

O Brasil é destaque no cenário on-line, sendo que dois brasileiros estão entre os 10 melhores do mundo. O crescimento da popularidade tem relação com o envolvimento de jogadores famosos de futebol, como Ronaldo e Neymar. Entre tantos estilos, o Texas Hol'dem foi o que se tornou mais popular. Dependendo do torneio, existem várias modalidades.

Ferrari acredita que apenas 10% do jogo envolve a sorte, na maioria das vezes os mais habilidosos vencem. “Se duas pessoas tiverem as mesmas cartas, aquela que tem mais técnica tende a ganhar mais fichas”. E como é a preparação para um campeonato? Segundo Paulo Santos, os praticantes treinam e jogam.

“O Brasil hoje tem grandes profissionais, para que o nível técnico fique cada vez mais apurado. Eles precisam ter uma rotina de jogo, com conteúdo técnico. Alguns times investem em coach emocional, que exige alta performance, não adianta ser bom só em treinamento, precisa colocar a bola para rolar dentro do campeonato”

No primeiro dia de evento acontecerá um aquecimento, conhecido por Warm Up, no dia seguinte há o Freeroll, com inscrições gratuitas. E entre quinta-feira, 5, e sábado, 7, acontece o Main Event, que é a fase classificatória para a final, que acontece domingo. O campeão fatura uma moto BMW.

“Vem gente da região, do Brasil eu já não digo, porque tem o Campeonato Brasileiro de Poker acontecendo em São Paulo agora. Os profissionais estão em outros patamares, para eles é mais interessante ir um torneio que exista vários torneios, assim pode cair em um e ir bem em outro, ganhando uma premiação boa”, disse Gregório.

Confira a entrevista na íntegra:

Tags: poker