Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Plataforma que desabou com cinco em cima estava interditada

Local foi fechado em 2015 após o comprometimento de um dos pilares
Gregório Silveira
Por Gregório Silveira Balneário Rincão, SC, 13/09/2020 - 10:25Atualizado em 14/09/2020 - 06:22
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A plataforma da zona sul do Balneário Rincão, que desabou, na manhã desse domingo, 13, estava interditada, segundo a prefeitura, desde 2015. Mesmo assim cinco pessoas estavam no local, na hora que o incidente aconteceu. Elas foram resgatadas pelo Corpo de Bombeiros de Içara.

"Nós interditamos para evitar acidentes. Chegamos inclusive a tirar a rampa de acesso, mas algumas pessoas colocavam escada para subir e poder pescar", afirma Anderson Moreira Douglas, engenheiro da prefeitura de Balneário Rincão.

Douglas ainda adianta que no início desse ano, um estudo mais elaborado foi feito para avaliar toda a estrutura. "Mandamos esse laudo para o Ministério Público Federal, por ser área de marinha, mas até o momento não houve resposta. O estudo aponta desde a possibilidade de demolição total até investimento para reestruturar a plataforma." 
 
A interdição há aproximadamente cinco anos, aconteceu após o comprometimento de um pilar de sustentação.
"Por sorte ninguém se feriu. Mas o lamentável é que as pessoas não respeitam as regras. Estava fechada, porém tinha gente nela. Isso é preocupante", alega Anderson.