Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Plano de Desenvolvimento: Diferentes olhares na construção do futuro de Meleiro

Moradores participaram de workshop na tarde desta terça-feira
Por Giovana Bordignon Meleiro, SC, 17/05/2022 - 19:42
Foto: Daniela Savi/Reprodução/Agecom/Unesc
Foto: Daniela Savi/Reprodução/Agecom/Unesc

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Desafios, anseios e sonhos de Meleiro. Três dos temas abordados durante o workshop realizado na tarde desta terça-feira (17), como mais um passo na elaboração do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico do Município. A iniciativa é da Unesc, do Sebrae/SC e da Amesc, que prevê a elaboração de 15 planos, sendo um para cada cidade, além de um para todo o Extremo Sul.

Durante toda a tarde, os participantes do workshop responderam aos questionamentos feitos pelo mediador e facilitador Igor Drudi e da equipe da Unesc, tudo visando o planejamento para os próximos dez anos. "É uma satisfação enorme estar preparando com vocês este projeto para o nosso município. Um projeto que estabelece metas para o futuro, mas que começa hoje, pois somos vítimas de nossas escolhas, e precisamos fazer a nossa parte e não apenas esperar que outros façam. Cada um é importante, por isso pedimos a participação do máximo possível de pessoas. Obrigado mais uma vez por este projeto maravilhoso que engloba não só Meleiro, mas toda a Amesc", afirma o vice-prefeito, Pedro Luiz Schuvartz.

Assim como nos outros municípios, três perguntas são propostas aos participantes: quais são as principais dificuldades e desafios do município atualmente? Quais são as principais potencialidades do município para a região? E quais são os sonhos dos moradores de Meleiro para a região?

A coordenadora da área de Ciências Sociais Aplicadas da Unesc, Elenice Padoin Juliani Engel, destaca a satisfação da Universidade em participar deste processo. "Meleiro é uma cidade que vem crescendo muito e a Unesc tem a missão de estar presente nas demandas que a nossa sociedade tem e, de alguma forma, contribuir com o crescimento do município e da região. Esta é uma grande oportunidade e nós agradecemos a todos que estiveram presentes. A contribuição de cada um do lugar que ocupa é importante neste processo. Construímos participando e é na participação efetiva que contribuímos e podemos cobrar lá na frente. Olhar para 2033, construindo a  cidade que se quer, com otimismo, mas com os pés no chão, alicerçando os projetos para edificar aquilo que desejamos. Temos uma equipe da Unesc altamente qualificada que vai instigá-los para esta construção", enfatiza.

Ideias apresentadas

O Coordenador do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico e Inovação da Unesc, professor Thiago Fabris apresentou alguns dados para inspirar os participantes. Entre eles, o número de habitantes, que é de pouco mais de 6,9 mil, além de revelar que o setor de serviços é o principal responsável pelo Valor Adicionado Bruto: 39,4%. Já o Produto Interno Bruto (PIB), do município gira em torno de R$ 260 milhões.

O prefeito Eder Mattos, destacou os desafios de Meleiro na busca por ampliar o crescimento. "O nosso desafio não é diferente dos outros, tem que ter dinamismo, porque quem fica parado, fica para trás. Usar criatividade, debates, determinar metas", diz.

A grande participação dos moradores resultou em muitas ideias que contribuirão com a elaboração do Plano. "Sempre vejo o desenvolvimento por três pilares: econômico, social e ambiental, sem os três não tem nada. Um dos fatores que citei e que está em projeto é o Cristo, que trará turismo para Meleiro, mas teríamos outras opções para serem implantadas, não só para turistas, mas para os próprios meleirenses. Também necessitamos da acessibilidade, não só especificamente para a deficiência em si, mas para todos. Deveria ter um olhar diferenciado sobre isso", comenta a moradora, Sidenei Schwartz.

Outro morador, Daniel Benedet Buzanello, focou nas potencialidades de Meleiro. "O nosso potencial é agrícola, como o arroz irrigado, a avicultura. Temos um povo dinâmico, com muita tecnologia sendo colocada em prática. São muitos exemplos do que é bem feito em nossa cidade", cita.

A Coordenadora do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico e Inovação da Unesc, professora Melissa Watanabe, destacou todo o trabalho realizado ao longo das três horas de debate. "Saímos inspirados, ouvindo cada um que apresentou as suas ideias. É um primeiro panorama, não é o final, para que todos possam ver o trabalho deste workshop. É muito importante toda a colaboração também na próxima etapa, com o setor empresarial", relata.

Próximas etapas

Após a análise de dados econômicos do município e a compilação das respostas obtidas da comunidade, a equipe da Unesc promoverá mais um Workshop, desta vez com foco no debate com integrantes do setor produtivo para debater sob o ponto de vista da geração de oportunidades de emprego e renda.

Os moradores de Meleiro podem continuar participando da construção do Plano de Desenvolvimento Econômico por meio da Consulta Pública, disponível no link: https://forms.gle/MnxQnSUiYn5uMhiY8.

Conforme a professora Melissa, após todo este trabalho de análise de dados, todos os 15 municípios da Amesc receberão um planejamento com ações estratégicas, o passo a passo, para execução.

A próxima cidade a receber presencialmente a equipe da Unesc, do Sebrae/SC e da Amesc para o lançamento do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico será Turvo, na próxima quinta-feira (19). Já o próximo a receber workshop será Jacinto Machado, na sexta-feira (20).

Os passos até a conclusão dos Planos de Desenvolvimento Socioeconômico dos Municípios da Amesc:

1º - Evento de lançamento, quando Unesc, Sebrae/SC e Amesc convidam a população de cada uma das 15 cidades a participar da elaboração do Plano. No mesmo dia, é lançada a consulta pública online, na qual todo e qualquer cidadão pode contribuir.

2º - Após serem provocados a pensar o município para daqui a dez anos, a população participa de um workshop online, momento em que pode apresentar as suas ideias e sonhos, visando melhorias para a cidade onde habitam;

3º - Em um segundo workshop, serão ouvidos integrantes do setor produtivo para debater sob o ponto de vista da geração de oportunidades de emprego e renda;

4º - Após estas etapas, a Unesc, o Sebrae/SC e a Amesc farão a entrega do documento em novembro deste ano.

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito