Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Patati e Patata de férias no Balneário Rincão

A dupla de palhaços esteve no Balneário Rincão nesta quarta-feira e participou do programa Do Avesso da Rádio Som Maior
Vitor Netto
Por Vitor Netto Balneário Rincão - SC, 15/01/2020 - 15:32Atualizado em 15/01/2020 - 15:35
Foto: Amanda Farias
Foto: Amanda Farias

O Circo Show do Patati e Patatá está em Criciúma com uma extensa programação de atividades. Para aproveitar a estadia pela região, a dupla de palhaços esteve passando pelo Balneário Rincão. Eles foram os convidados do programa Do Avesso na tarde desta quarta-feira, 15. A dupla conta com uma extensa bagagem de episódios e lembranças vividas ao lado das crianças nos seus 30 anos de existência. 

Conforme Patatá, a dupla já viajou e conheceu diversas cidades do país. "A gente conhece o Brasil inteiro e conhece o nosso público de Norte e Sul, Leste e Oeste", comenta. "Sempre tem uma cidade que a gente tem uma lembrança, que marca alguma coisa para a gente", completa. 

Contato com as crainças

Patati explica que muitas crianças se assustam com eles quando se encontram. "Às vezes as crianças se assustam, mas é também porque pai vem eufórico, pega a criança e vem correndo. Isso assusta. Elas são acostumadas a ver a gente na TV e aqui a gente é grandão", comentou Patati. "Mas isso varia de criança para criança, tem aquelas que querem tocar, tem aquelas que querem conversar", coloca. 

Conforme o Patati, os episódios com as crianças são os melhores momentos vividos por eles. A dupla relembra um episódio vivido em outra turnê em Santa Catarina, que demonstra a amizade e contato que eles precisam ter com as crianças. "Teve uma vez que fomos nos apresentar e bater foto em uma escola. Daí teve uma professora que disse 'vou pegar uma menina e vocês dão uma dica para ele falar para o irmão parar de beliscar, de morder de bater nos colegas'. E aí a menina, quando foi colocada no colo do Patata, olhou e disse 'a minha mãe descuti com meu pai'. Então temos que entender que ela guarda para ela  aquilo e o irmão é agressivo porque convive com aquilo". "Elas não tem filtro, elas falam de tudo. "Nós temos que ter esse lado amigo, de escutar o que as crianças tem para falar", complementa Patatá. 

Organização dos shows

A organização e produção deles são ativas o ano inteiro. "A gente não tem noção de quantas músicas temos, pois temos as autorais e regravadas. Já é algo automática a letra nos nossos shows", comenta Patata. "A gente tem que saber de tudo o que a mídia tá falando para organizar também os nossos shows", coloca Patati. 

O trabalho deles também tem dupla atuação, já que trabalham com o gosto das crianças e dos pais. "Para um artista como um músico, ele vai agradar todo mundo. No nosso caso, nós temos que agradar a criança, mas atrás dela têm os pais que vai saber o que é bom ou não para ela. Então passa pelo filtro do pai e da mãe antes de deixar a criança assistir o Patati e Patata. Se as crianças assistem, é porque a mãe e o pai confiam no nosso trabalh", explica Patatá. 

O Patati e Patatá Circo Show 

O show estreia em Criciúma na sexta-feira, 10. As apresentações acontecerão de quinta-feira à domingo, com duas sessões: às 17h30min e às 20h. "O espetáculo tem dois anos e o Patati e Patatá Circo Show de Circo é um projeto novo que tá dando muito certo. é um espetáculo de show e circo junto, tem acrobacia, tem salto e muito mais", explicou o Patata. "É um musical. Um show para toda a família, com atrações para a mamãe, para o papai e para todo mundo", comentou Patati.