Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Palestrante espirita diz que existem planetas mais e menos evoluídos do que a Terra

Jefferson Sotero encontrou nesta doutrina um caminho para a vida
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 29/11/2017 - 15:30Atualizado em 29/11/2017 - 16:14
(foto: Amanda Farias)
(foto: Amanda Farias)

O Espiritismo está entre as doutrinas que mais crescem no mundo, sendo que o Brasil conta com aproximadamente 3,8 milhões de seguidores.  Um dos representantes do movimento e palestrante motivacional, Jefferson Sotero, participou do Programa do Avesso, falando sobre planetas, reencarnação e evolução.

“Para nós vale bem mais ser um homem de bem do que ser religioso. Devemos saber que não somos perfeitos. Como somos egoístas, só olhamos para os erros dos outros”, destacou Sotero.

Através de suas palestras propõe uma nova perspectiva de reflexão comportamental diante da vida. Ele estuda o comportamento humano, principalmente em relação à convivência no ambiente de trabalho, escolar, familiar e na sociedade.

“Não tenho uma formação acadêmica, não sou psicólogo, psiquiatra ou terapeuta. Mas meus estudos ao longo da vida levaram para este caminho”, contou.

O palestrante é natural de Natal (RN), aos quatro anos foi morar em Recife, e há 15 anos mora em Criciúma. Antes de conhecer o Espiritismo, era depressivo e alcoólatra. Hoje suas palestras abordam temas como “Conquistando a paciência”, “Trabalhando em equipe” e “Vencendo a si mesmo”, entre outros.

Segundo ele, os espíritos influenciam as pessoas a cada momento, seja para o bem ou para o mal. O Espiritismo acredita que os corpos são ocupados temporariamente, e que Jesus foi o que mais evoluiu durante sua passagem pela Terra. “Religiões são janelas para olhar o céu, as vezes você muda para enxergar melhor”, afirmou o palestrante.

A vida em outros planetas é um assunto que chama atenção. Para o Espiritismo, a Terra está em um plano médio de evolução. Um dos espiritas mais famosos, Chico Xavier, afirmou que o espirito e Adolf Hitler estaria em uma prisão espiritual situada em Plutão.

“Com certeza existem planetas melhores, assim como existem planetas inferiores em relação a Terra. Uma vida seria totalmente injusta com quem conheceu apenas o sofrimento”, disse Sotero.