Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Orações redobradas pelo Zé, o "Barbeirinho" da Próspera

Bastante conhecido, ele está com Covid-19 e luta pela vida em UTI. Clientes e amigos colocaram cartazes na porta da barbearia
Denis Luciano
Por Denis Luciano Criciúma, SC, 18/11/2020 - 15:35Atualizado em 18/11/2020 - 15:38
Fotos: Eduardo Schaucoski / Especial / 4oito
Fotos: Eduardo Schaucoski / Especial / 4oito

Barbearia Próspera, Rua General Osvaldo Pinto da Veiga, 1.230. Era o endereço certo da turma da região que queria um corte de cabelo, ou então aparar a barba, com atendimento caprichado, um bom bate papo e, de quebra, umas balinhas para adoçar o dia. "Sou cliente dele. Como muita gente é. Passei ali na frente, vi a porta fechada. Mandei uma mensagem pra ele perguntando o que houve". O testemunho do vizinho Eduardo Schaucoski é o de muitos moradores dos arredores. Daí veio a resposta. "A esposa dele respondeu contando que ele estava com Covid-19, e não está bem", lamentou o cliente.

A notícia se espalhou rapidamente. A barbearia do "Zé Barbeirinho", como ele é conhecido na vizinhança, segue fechada faz quase duas semanas. "É, ele foi diagnosticado faz uns 10, 15 dias. A situação dele se agravou rapidamente e acabou transferido para Tubarão. Está fazendo o tratamento lá, mas não está muito bem", contou o cliente e amigo.

A comoção tomou conta, a tal ponto que cartazes começaram a ser fixados na porta da barbearia. "Força Zé, Deus é contigo", diz um deles. "Volta logo, barbeirinho. Estamos orando por você, cara", aponta outro. Sobre orações. A cena abaixo é do último domingo, 15. Um amigo de Zé foi visto à noite, de joelhos, rezando defronte à porta fechada da barbearia. "Os amigos fizeram um grupo de oração aqui, e estão na torcida pela volta logo do Zé", confirmou Eduardo. "Força, amigo. Você foi sempre lutador incansável de todas as horas. Estamos orando por você", disse outro, em mais um dos cartazes.

Abaixo desses cartazes todos, o que vem com a letra do próprio Zé, anunciando o ocorrido: "Volto após recuperação Covid-19. Obrigado". É a torcida de todos na Próspera.

"Eu sou cliente dele, mais ou menos há uns 20 dias eu fiz o corte, conversamos, brincamos, trocamos umas ideias dessa situação do país, depois eu passei ali e tinha essa plaquinha", lembrou Eduardo, recordando a última vez que sentou na cadeira do barbeiro. 

A família distribuiu uma nota aos amigos com a seguinte informação mais recente: "Pedimos, continue orando, nos passaram notícias agora. Segundo os médicos ele está grave, piorou, os rins pararam de trabalhar, colocaram a fazer diálise, ele está tento muitas dificuldades para respirar pelos aparelhos. Médicos passaram que, nessa situação, é normal isso. Continuamos nessa corrente de oração. Obrigado a todos e Deus os abençoe", escreveu o enteado do "barbeirinho". Torcida reforçada pelo Zé na luta contra o coronavírus.

Tags: coronavírus